Conectado por

Concursos

Não sabe a resposta? Veja dicas para chutar nas provas de concursos

Publicado por

em

Não adianta! Por mais que você estude, sempre vai ter aquela questão que você não sabe a resposta de jeito nenhum ou tem dúvida entre pelo menos duas alternativas. Nesse momento só te resta uma alternativa: o chute. E é por isso que é muito importante saber dicas para chutar nas provas de concursos.

Continua após a publicidade

Pode até parecer um pouco sem sentido, mas é verdade, para chutar em uma prova é preciso seguir uma lógica. Chutar de qualquer jeito é muito ruim pois diminui suas chances de sucesso. E se tratando de concurso, cada detalhe pode fazer a diferença entre a aprovação e a decepção de não ter conseguido a vaga tão desejada.

Também é preciso deixar bem claro que as técnicas de chute não são 100% eficazes. Mesmo seguindo todas as dicas para chutar nas provas de concursos é preciso contar com um pouco de sorte. Por isso, tenha isso em mente ao seguir lendo esta matéria.

Para isso, começaremos a falar sobre como você deve se portar em uma situação na qual não sabe a resposta.

Tenha calma

A primeira dica de todas é: tenha calma. É normal ficar nervoso durante uma prova importante como a de um grande concurso. O nervosismo tende a aumentar quando você não sabe responder alguma questão. Sendo assim, respire fundo, tome uma água e volte a se concentrar. Lembre-se que a prova tem várias questões que ainda precisam ser respondidas. Por isso, emendamos essa dica com a próxima.

Deixe para chutar no final da prova

Se você não sabe responde ou tem alguma dúvida sobre as alternativas da questão, não perca tempo com isso no começo da sua prova. Pule e vá para a próxima sem pensar duas vezes. Faça isso quantas vezes for preciso. Além de aumentar seu nervosismo, ficar parado na mesma pergunta pode fazer com que você perca minutos preciosos que poderiam ser utilizados para resolver uma questão que você saberia responder se tivesse mais tempo.

Quando você terminar de responder o restante da avaliação volte para as perguntas que você tem dúvida e aí siga as técnicas que a gente vai te passar.

Preste atenção no enunciado

Pode ser que o próprio enunciado da questão te ajude a responder a pergunta ou melhore suas chances de chutar. Por vezes a banca coloca palavras como “correto” ou “incorreto” para tentar forçar um erro para cima do candidato. Entre os concurseiros essa tática é chamada de casca de banana. Ou seja, trata-se de uma tentativa de se pegar o candidato desprevenido.

Portanto, leia atentamente a pergunta e procure por detalhes nas alternativas. Dependendo da situação você pode encontrar palavras ou termos que podem te ajudar e que inicialmente passaram despercebidos durante uma leitura rápida. Mesmo que você não encontre a resposta de uma vez, você pode acabar eliminando alternativas, o que é justamente a nossa próxima dica.

Eliminação de alternativas

Uma das melhores dicas para chutar nas provas de concurso é a técnica de eliminação de alternativas. Ao ir eliminando as alternativas que você tem certeza de que estão erradas, a probabilidade de você chutar na alternativa certa aumenta.

Imagine que cada questão de um concurso tenha cinco opções, mas só uma é a correta. Isso quer dizer que, se você não sabe a resposta, a sua chance de acertar é de apenas 20%. Algo muito pequeno.

Se você elimina uma alternativa a probabilidade sobe para 25%. Tendo somente três opções as chances vão para 33%. E se você ficar só entre duas quer dizer que você terá a probabilidade de 50% de marcar a opção correta.

Ao eliminar alternativas você pode ter mais do que o dobro de chances de acertar uma questão na base do chute.

Cuidado com a primeira opção

Uma outra casca de banana famosa é a primeira opção parecer ser a correta. Por vezes ao ler o enunciado e a primeira alternativa, o candidato, já estressado por ter que chutar, acredita que aquela é a opção que deve ser marcada e deixa de ler o restante.

Isso é um erro muito grave. A primeira alternativa pode conter algum detalhe que a torne incorreta. Sendo assim, por mais que você ache a letra A seja a correta, leia todas as outras alternativas e só depois assinale a que você tiver certeza ou que acredite que é a certa.

Se mesmo após ler tudo você acredita que é a letra A, tudo certo, marque a opção. Porém, nunca se esqueça de observar todas as alternativas.

Semelhança

As semelhanças de alternativas são usadas para confundir os concurseiros na hora da prova e separar quem sabe a resposta e prestou atenção nas alternativas e quem sabe a resposta, mas ficou desatento na hora de marcar. Elas podem aparecer em muitas disciplinas, mas são mais comuns em provas de matemática ou raciocínio lógico.

Imagine que você esteja fazendo uma prova de matemática e tem uma questão relacionada a finanças. Porém, você esqueceu a fórmula de juros e agora não sabe o quanto o Seu José pagará de parcela por mês. A banca então te dá cinco opções de resposta:

  • A- R$ 30,00
  • B- R$ 45,60
  • C- R$ 46,50
  • D- R$ 52,00
  • E- R$ 60,00

Neste caso a probabilidade é de que a alternativa correta seja a letra B ou C. Isso porque ambas possuem valores e números muito próximos. Há somente uma inversão entre o os números “5” e “6” e uma diferença de 90 centavos. Essa é mais uma casca de banana para os concurseiros.

Repetições

Outro detalhe muito interessante e que pode ser interessante ficar de olho é a questão das repetições. Dependendo da pergunta, algumas palavras podem repetir em várias alternativas. Isso pode ajudar o concurseiro na hora de chutar. Veja um exemplo de repetição logo abaixo:

  • A- Deputado e vereador
  • B- Deputado e procurador
  • C- Senador e procurador
  • D- Senador e presidente
  • E- Senador e deputado

No caso acima, seria interessante marcar a letra E, pois é a alternativa que possui os itens que mais se repetem, no caso as palavras “senador” e “deputado”.

Oposição

A oposição é outra maneira que pode te ajudar a encontrar uma resposta. Imagine que uma questão sobre atualidades e que fale sobre a Ferrari. Entre as opções estão:

  • A- Ferrari é uma marca de navio.
  • B- Ferrari surgiu na Espanha.
  • C- Ferrari tem um elefante no logo.
  • D- Ferrari tem carros baratos.
  • E- Ferrari tem carros caros.

Neste caso, as opções mais prováveis são a D ou a E por se serem alternativas totalmente opostas já que uma afirma que os carros são baratos e a outra que os veículos são caros. Nem todas as questões com ideias opostas serão tão simples como a do exemplo. A ideia aqui é que você tenha noção do que estamos explicando.

Generalização

Lembra quando falamos para você prestar atenção no enunciado e principalmente nas palavras correto e incorreto? Pois é. Nas alternativas, algumas palavras também podem te ajudar a eliminar algumas opções ou mesmo encontrar a resposta certa.

Expressões como “nunca”, “jamais”, “somente” ou “sempre” costumam estar presentes muitas alternativas. E na maioria das vezes, são as incorretas. Por isso, se você não tem nenhuma noção do que está sendo falado, evite essas palavras.

Procure por respostas que são mais genéricas, que utilizam expressões como “em alguns casos”, “às vezes” ou “dependendo da situação”. Por serem abrangentes, elas possuem mais chances de serem corretas.

O que não fazer

Ao longo dessa matéria nós falamos sobre o que você deve fazer para aumentar as suas chances na hora de se chutar uma resposta. Porém, também existem coisas que devem ser evitadas na hora de se chutar uma questão. Sendo assim, confira logo abaixo o que não fazer na hora do chute:

Não cole

A primeira dica que damos do que não fazer é: não cole. Em hipótese alguma olhe para o lado e tente procurar pela resposta da sua questão no caderno de perguntas do concorrente. Esta é uma atitude antiética e que pode fazer com que você seja surpreendido por um fiscal de prova, sendo eliminado do certame com toda razão.

Além disso, a cola não garante que você acertará a questão. Primeiro porque as opções e até mesmo as perguntas da prova ao lado podem estar em ordem diferente. Algumas bancas fazem mais de um tipo de prova justamente para evitar que haja a cola.

Segundo que nada te garante que o outro candidato sabe o que está fazendo. Pode ser que ele tenha estudado muito menos do que você e que esteja só chutando a resposta. Já pensou copiar de alguém que está mais perdido que você? Por isso, jamais coloque a opção de cola como algo viável a ser feito.

Não chute quando uma resposta errada elimina uma certa

Existem bancas organizadoras que possuem regras diferentes das que geralmente são aplicadas em provas de concursos. Pode ocorrer que exista a norma de que um erro cancela um acerto. Ou seja, para cada questão que você errar, será retirado os pontos de uma questão que você acertou.

Cespe/Cebraspe é uma das bancas organizadoras que é conhecida por realizar esse tipo de avaliação. Outras organizadoras também utilizam da prática, mas a mais comum é a da banca que tem sede em Brasília. Geralmente, quando o concurso tem esse tipo de situação, as questões aparecem em forma de itens. Isso quer dizer que o concurseiro deve analisar se a proposição está correta ou errada.

Se por acaso você se encontrar nessa situação, não chute. É melhor deixar a questão em branco do que tentar adivinhar a resposta. A possibilidade de erro é bem maior e o risco também, afinal, se você marcar a alternativa incorreta, perderá os pontos de uma questão que acertou. Não marcando, não haverá risco de perda de pontos.

Não chute baseado na sequência de respostas

Muitos candidatos chutam a resposta baseado na sequência de letras do gabarito. Existem sites que inclusive incentivam os candidatos a utilizarem essa forma de pensar como uma dica de chute. Alguns falam para marcar a letra que mais saiu, enquanto outros fazem o contrário, utilizam a ideia de se arriscar na letra que estaria “em falta” no gabarito, como se houvesse um equilíbrio.

Todavia, qualquer que seja a teoria, sabia que ela não tem relação com a realidade e vamos te dar três motivos para isso:

primeiro motivo é que não há uma sequência lógica ou mesmo um padrão nos gabaritos dos concursos. Letras podem repetir ou mesmo ficar um bom tempo sem aparecer como sendo a alternativa correta.

segundo motivo é que ao fazer isso você está pressupondo que as questões anteriores e as posteriores foram todas respondidas corretamente por você, o que pode não ser verdade. Ficou confuso? Vou explicar melhor.

Imagine que a sua sequência de respostas foi: “A, C, D, C, A, D”. Pela lógica de quem utiliza essa ideia de letra que está faltando o ideal seria chutar a letra B, certo? Como é possível observar, ela não aparece na sequência “A, C, D, C A, D”.

Mas, pode ocorrer que você tenha respondido uma das questões anteriores de maneira errada e a resposta certa para a segunda questão era justamente a letra B. Neste caso, se você tivesse respondido certo, a letra B não estaria “em falta”. Ou seja, um erro anterior pode forçar que você cometa um próximo e fazer com que você perca duas ou mais questões.

terceiro motivo é o de que pode ocorrer do concurso ter mais de um tipo de prova diferente. Sendo assim, tanto as alternativas, quanto a ordem das questões pode estar alterada. Isso só reforça o fato de que não haverá necessariamente uma lógica por trás das letras que correspondem as alternativas corretas.

Não utilize de superstições

Alguns concurseiros possuem superstições na hora de chutar. Claro que o chute não é algo exato e é preciso contar com a sorte. Porém, é válido analisar a questão primeiro, tentar eliminar alternativas ou procurar generalizações, para só então arriscar.

Portanto, não saia marcando a letra C porque se refere a inicial de Cristo ou a letra “D de Deus”. A brincadeira com as iniciais ajuda a descontrair, mas a banca organizadora não pensa nisso na hora de elaborar a sua prova. Portanto, siga as outras dicas para chutar nas provas de concursos para se sair melhor.

Estude mais para não precisar chutar

Como dissemos, o chute é o seu último recurso. Evite chutar ao máximo. Procure estudar e entender um pouco mais da disciplina que você tem dificuldade para evitar que em uma prova você se encontre em uma situação de chute.

Por isso é muito importante que durante os seus estudos você faça revisões periódicas, utilize técnicas de estudos e acima de tudo, realiza avaliações periódicas simulando a prova do concurso que você vai prestar.

Concursos no Brasil pode te ajudar nisso. No site, temos um enorme banco de questões de Língua PortuguesaMatemática, Informática e também de temas específicos para profissões como Agente Comunitário de SaúdeAuxiliar de Serviços GeraisAssistente AdministrativoContador e Médico.

Mas, se mesmo assim, após muito estudo e dedicação, aparecer aquela questão que parece que veio do nada, não se afobe. Siga as nossas dicas para chutar nas provas de concurso e claro, conte com aquela sorte do aprovado.

Fonte:https://www.concursosnobrasil.com.br/artigos/dicas-para-chutar-nas-provas-de-concursos.html