Conectado por

Featured

Na cadeia! Funcionários da ENERGISA que receberam voz de prisão de advogado, vão parar na cadeia


Compartilhe:

Publicado por

em

O advogado Dr. Caetano Neto, presidente da Associação da Defesa dos Direitos da Cidadania em Rondônia foi quem deu voz de prisão a toda equipe da ENERGISA, que segundo ele, infringiram o estabelecido  na Resolução Normativa da ANEEL de nº 414/2010 de atos e procedimentos no que se refere à definição da escolha de inspeção, e/ou concomitantemente da substituição de medidores de energia. 
Ainda segundo o que consta em boletim de ocorrência, a equipe da empresa chegou a residencia na Zona Sul para inspecionar e trocar o medidor da unidade consumidora, só que no local encontrava-se apenas uma pessoa de menor idade, já que a proprietária estava trabalhando, e mesmo assim, com todos os argumentos contrários, a equipe retirou o medidor antigo e substituiu por um novo.
Dr. Caetano, alegando ter sido convidado pelo Relator da CPI da ENERGISA, Dep. Jair Montes, à acompanhar os depoimentos da CPI e ainda fiscalizar os atos praticados pela empresa, compareceu ao local e tentou demover a equipe daquele ato e que recolocassem o medidor antigo, o que foi rechaçado pelos mesmos.
Como uma equipe da PM já estava no local, e tinham sido informados pela equipe da empresa que “estariam fazendo tudo dentro da lei,” não teriam nada o que fazer, mas Dr. Caetano então deu voz de prisão a equipe pelos crimes de CONSTRANGIMENTO ILEGAL E AMEAÇA. E todos foram conduzidos para a central de policia. 
Diante de todas as alegações e depoimentos tanto do Advogado Dr. Caetano Neto como dos conduzidos, que neste momento já eram assistidos pelos advogados da empresa e alguns de seus diretores, a autoridade policial mandou recolher à cadeia os três conduzidos, e deve estipular uma fiança para que os mesmos possam responder o processo em liberdade. 
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *