Conectado por

Featured

Museu do Videogame Itinerante chega a Porto Velho no sábado, 13


Compartilhe:

Publicado por

em

Para os apaixonados por vídeo games e para os que ainda não exploraram esse universo, chegou a oportunidade de conferir mais de 300 consoles, simuladores de corridas, torneios de jogos antigos e atuais. O Museu do Videogame Itinerante chega a Porto Velho dia 13 de abril. A entrada é gratuita.

Segundo o curador do museu, Cleidson Lima, a exposição interativa relembra 47 anos de história da evolução dos videogames. Entre as relíquias está o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972, e o Telejogo Philco Ford, de 1977, o primeiro videogame fabricado no Brasil.

Cleidson também explica que além de conhecer consoles e jogos raros, os visitantes poderão jogar em alguns videogames que marcaram a história, como o Telejogo Philco-Ford, Atari 2600, Super Nintendo, entre outros.

As novas gerações de console também têm espaço na exposição, o público poderá experimentar, gratuitamente, a nova tecnologia de realidade virtual e pilotar carros em jogos tão imersivos que o visitante se sentirá em uma pista de corrida real. Outro destaque é o palco Just Dance, para aqueles que gostam de dançar.

O evento ainda promove um concurso de Cosplay, fomentando a criatividade na hora de se caracterizar e interpretar personagens da cultura pop.

As inscrições, para todos os torneios e competições, podem ser realizadas por meio do aplicativo gratuito “Porto Velho Shopping”.

O Porto Velho Shopping fará as inscrições através do aplicativo — Foto: Reprodução/ Play Store

O Porto Velho Shopping fará as inscrições através do aplicativo — Foto: Reprodução/ Play Store

Museu do Videogame Itinerante

O projeto foi criado há cinco anos pelo jornalista e curador, Cleidson Lima, o Museu do Videogame Itinerante. O museu reúne 5 milhões de visitantes por ano, e é o primeiro do gênero registrado no Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Em 2014, recebeu o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o Brasil no maior encontro de museus do mundo, em Paris.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *