Conectado por

Política

Município de Porto Velho realiza palestra para conscientização sobre a violência contra a mulher


Compartilhe:

Publicado por

em

“Superação da Violência e Empoderamento da mulher”, esse foi o tema da palestra feita pelo promotor de Justiça Héverton Alves Aguiar, para as servidoras públicas da Suop e Semagric na manhã desta segunda-feira (11/3). O evento faz parte da semana de palestras, promovida pela Prefeitura de Porto Velho, através do Departamento de Políticas Públicas para Mulheres.

Durante uma hora, o promotor da 14a Promotoria de Justiça, do Ministério Público de Rondônia, Héverton Aguiar, apresentou estatísticas e dados que mostram números alarmantes de mulheres assassinadas no Brasil. “A cada minuto, 9 mulheres são espancadas no país. Uma mulher é estuprada a cada 11 minutos. De acordo com registros policiais, 30% das vítimas não denunciam”, afirmou Héverton.

Machismo

O promotor ressaltou que o ciclo de violência, geralmente, está associado a uma cultura machista, existente em escala global, nem sempre a mulher se dá conta da situação em que está envolvida, buscando explicações no seu eu, quando o problema está no outro ou na própria relação.

Para servidora Joana D’arc, conversas como essas são importantes. As mulheres precisam se ajudar para poderem conquistar o devido respeito. “Falar da questão do feminicídio e mostrar para os homens que as mulheres precisam de respeito” comentou Joana.

Segundo a vereadora Cristiane Lopes (PP), que prestigiou o evento, é preciso combater qualquer tipo de violência contra as mulheres na sociedade. “Precisamos encorajá-las a denunciar qualquer tipo de abuso ou violência. Muitas mulheres que são vítimas não possuem conhecimento de seus direitos. Eu como parlamentar e mulher, tenho que buscar ações que visem combater abusos e crimes contra as mulheres em nossa comunidade e principalmente orientá-las sobre seus direitos”, destacou Cristiane.

De acordo com Gentileza de Brito Faria, mais conhecida como Gina Brito, diretora do Departamento de Políticas Públicas para Mulheres, essas iniciativas são importantes para trazer à tona problemas vividos pelas mulheres ainda nos dias de hoje, mesmo com a Lei Maria da Penha. “É um assunto em evidência. Precisamos entender que é necessário denunciar o abuso e a violência contra a mulher, tanto física quando psicológica. Só assim vamos mudar esse cenário”, disse Gina.

A Semana de Palestras, promovida pelo Departamento de Políticas Públicas Municipal de Mulheres, é de 11 a 15 de março, com várias oficinas, com muitas dinâmicas, brincadeiras, sorteios de brindes. As atividades serão realizadas no Espaço Mulher, localizado na rua Venezuela, ao lado na maternidade municipal, das 14h às 18h.