Conectado por
Governo de Rondônia

Polícia

Mulher é presa após matar marido e inventar assalto para esconder o crime em MT, diz polícia

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Uma mulher foi presa suspeita de ter matado o marido dela, em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Civil, Ireni Alexandrina Dias Morais matou o marido Sebastião Fernandes Morais, de 61 anos, com golpes de faca na quinta-feira (21). A prisão foi divulgada na sexta-feira (22).

Segundo as investigações, o crime foi motivado por conta da partilha de bens do casal, em que os dois não chegavam em um acordo. Outro motivo é em relação a um caso amoroso que Sebastião teve enquanto esteve separado de Ireni.

Ireni foi autuada em flagrante por homicídio qualificado. A polícia não divulgou se ela confessou o crime. O G1 não localizou o advogado dela.

Conforme a polícia, logo após o crime, Ireni contou que seis homens entraram na residência do casal e tiraram a vida de Sebastião. Ela explicou que eles utilizaram uma faca que ficava escondia no guarda-roupas, local que somente ela e o marido sabiam.

A suspeita foi conduzida pela Polícia Militar como testemunha, porém, durante as investigações a equipe da polícia desconfiou das versões apresentadas pela suspeita.

Durante os depoimentos, as testemunhas relataram o histórico de relação conturbada do casal e das várias vezes que a suspeita tentou tirar a vida da vítima.

A suspeita foi autuada em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e posteriormente encaminhada para audiência de custódia. O delegado representou pela conversão de prisão em flagrante da suspeita em prisão temporária.