Conectado por

Mato Grosso

MT tem o maior índice de aumento de mortes por policiais do país em 2020, segundo Monitor da Violência


Compartilhe:

Publicado por

em

Mato Grosso é o estado que teve o maior aumento de mortes por policiais na ativa no último ano, no país. De acordo com o levantamento do Monitor da Violência sobre letalidade e vitimização policial, 63 pessoas foram mortas por policiais em 2019. Em 2020, foram 115.

O número quase dobrou, tendo um aumento de 83%. Este foi o maior índice do Brasil. O país apresentou redução.

Um dos casos que chamou a atenção foi a do jovem de 23 anos, Jonathan da Silva Rosário, morto pela polícia quando voltava da casa da namorada, no centro de Chapada dos Guimarães, a 65 km de Cuiabá, em outubro do ano passado.

Jonathan da Silva Rosário, de 23 anos, morreu em Chapada dos Guimarães (MT) — Foto: Arquivo pessoal

Os policiais responsáveis pela ação afirmaram que Jonathan da Silva Rosário fazia manobras com a moto e não obedeceu a ordem de parada e que, por isso, atiraram.

Em julho do ano passado, outro caso entrou para a estatística. Seis pessoas foram mortas em um confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) no Bairro Jardim Itamaraty, em Cuiabá.

Oacy da Silva Taques Neto era soldado da PM — Foto: Facebook/Reprodução

Oacy Taques, de 30 anos, e Leonardo Vinicius Pereira de Moraes, de 24, respectivamente, morreram no local.

Outra vítima morta no mesmo confronto foi Jhon Dewyd Bonifacio de Lima, de 22 anos. A família fez uma vaquinha para pagar o velório do jovem.

Jhon Dewyd Bonifacio de Lima, de 22 anos, morto em um confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) em Cuiabá — Foto: Facebook

A família de Dimmy negou que ocorreu um confronto e afirmou que o rapaz era uma pessoa trabalhadora. Ele vendia doces e macarrão em potes.

Ao todo, 17 estados registraram crescimento nas mortes por forças policiais. Depois de Mato Grosso as maiores taxas são de: Pernambuco (58%), Tocantins (50%), Bahia (47%), Paraíba (43%) e Distrito Federal (38%). Confira o índice de variação na tabela abaixo:

Variação de número de mortos por policiais por UF de 2019 a 2020

Unidade da Federação Variação 2019-2020
Mato Grosso 83%
Pernambuco 58%
Tocantins 50%
Bahia 47%
Paraíba 43%
Distrito Federal 38%
Paraná 29%
Espírito Santo 24%
Sergipe 18%
Minas Gerais 13%
Santa Catarina 10%
Acre 8%
Roraima 7%
Ceará 5%
Rio Grande do Sul 4%
Alagoas 2%
Amazonas 2%
São Paulo -6%
Rondônia -9%
Rio Grande do Norte -9%
Amapá -10%
Pará -13%
Piauí -15%
Rio de Janeiro -32%
Maranhão -43%
Mato Grosso do Sul -70%
Goiás*
Total -3%

O estado que teve maior redução de mortes por policiais foi Mato Grosso do Sul, com -70%. Em seguida, estão Maranhão (-43%) e Rio de Janeiro (-32%).

Apenas um estado não informou nenhum dado sequer: Goiás. Já é a quinta vez que o governo se recusou a divulgar informações públicas para um levantamento nacional do Monitor da Violência (em quatro destas vezes, o pedido foi referente à letalidade e à vitimização policial).

O índice de mortes por policiais a cada 100 mil habitantes em Mato Grosso é de 3,3, maior que a média nacional, que é 2,7.

Comparação da taxa de pessoas mortas por policiais a cada 100 mil habitantes entre Brasil e MT — Foto: Monitor da violência

Comparação da taxa de pessoas mortas por policiais a cada 100 mil habitantes entre Brasil e MT

O levantamento também mostra que ao longo dos anos essa taxa de mortes teve um aumento significativo. Em cinco anos, o índice foi de 0,2 pessoas a cada 100 mil habitantes para 3,3.

Comparação entre as mortes por policiais em MT de 2015 e 2020 — Foto: Monitor da Violência

Comparação entre as mortes por policiais em MT de 2015 e 2020

O número de absoluto de mortes teve um aumento expressivo em cinco anos: 1300%. O índice saltou de 8 óbitos para 115, de 2015 a 2020.

Policiais mortos na ativa

O Monitor da Violência mostrou também os números sobre policiais militares e civis mortos na ativa em cada estado. Em Mato Grosso, foram três policiais mortos em 2019 um policial morto em 2020. Uma redução de 67%.O índice também vai contra o do país. Em todo o Brasil, foram 180 policiais mortos em 2019 e 198 mortos em 2020, num aumento de 10%.

G1.globo.com