Conectado por

Mato Grosso

MT : Polícia prende deputado acusado de mandar sequestrar jornalista


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

O deputado estadual Jalser Renier​ (Solidariedade-RR) foi preso nesta sexta-feira (1°) sob suspeita de ter ordenado o sequestro do jornalista Romano dos Anjos em outubro de 2020.

O mandado de prisão preventiva foi assinado pela juíza Graciete Sotto Mayor Ribeiro, relatora do processo, que corre sob sigilo no TJ-RR (Tribunal de Justiça de Roraima).

A Operação Pulitzer 2 foi deflagrada pelo Ministério Público de Roraima, pela Polícia Civil e pela Polícia Militar. Cerca de 70 policiais e agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e oito de busca e apreensão.

No dia 26 de outubro de 2020, criminosos invadiram a casa do jornalista Romano dos Anjos, 40, em Boa Vista. Ele foi levado pelos suspeitos, que o agrediram e amarraram suas mãos e pés com uma fita. O apresentador da TV Imperial, afiliada da TV Record, foi encontrado ferido no dia seguinte em uma área rural do estado.

Segundo o portal G1, o inquérito da Polícia Civil cita que as investigações apontam para um provável crime “motivado por vingança ou represália ao modo de atuação jornalística, tendo em vista que a vítima realizou diversos ataques e críticas ao trabalho do então presidente da Assembleia Legislativa, Jalser Renier”.

Renier foi presidente da Assembleia Legislativa de Roraima por seis anos consecutivos (2015-2020). A reportagem não conseguiu contato com a defesa do deputado.

No mês passado, seis homens já haviam sido presos sob suspeita de envolvimento no sequestro. De acordo com o UOL, cinco dos investigados são policiais militares, incluindo um coronel da reserva, e todos são ex-funcionários de Renier.

A assessoria de imprensa da Assembleia de Roraima afirmou que a Casa ainda não foi formalmente comunicada pelo Judiciário a respeito da prisão do deputado. O prazo para essa comunicação é de 24h.

Quando a Assembleia for informada, começarão os trâmites que culminarão em uma votação aberta, no plenário, na qual os deputados decidirão se Renier deve continuar preso ou ser solto, devido à imunidade parlamentar.​

Midianews.com.br

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento