Conectado por

AL/MT

MT: AL marca sessão e vota fundo de R$ 39,2 mi e auxílio emergencial


Compartilhe:

Publicado por

em

Mesmo sob pressão de parlamentares contrários, o presidente da Assembleia Legislativa, Max Russi (PSB), marcou para próxima segunda-feira (19) uma sessão extraordinária para votar pautas consideradas importantes.

A sessão foi agendada após uma reunião com o governador Mauro Mendes (DEM), na terça-feira (13). Os parlamentares estão em meio ao recesso parlamentar, que teve início no dia 1º de julho e vai até 3 de agosto.

Na pauta está o projeto que trata sobre a destinação dos recursos do antigo Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal de Mato Grosso (FEEF), que até junho arrecadou R$ 39,2 milhões. O montante deve ser destinado a cinco hospitais filantrópicos de Mato Grosso.

Há também em pauta o projeto do Executivo chamado “Alfabetiza Mato Grosso”. O programa estabelece que em regime de colaboração com os municípios serão investidos recursos para melhorar os índices de alfabetização no Estado.

Outro projeto, também do Executivo, é a extensão do programa “Ser Família Emergencial”, que fornece auxílio financeiro mensal de R$ 150 a 100 mil famílias carentes. Pela proposta, a ajuda passaria a ser bimestral, no valor de R$ 200, até dezembro de 2022.

Vamos encerrar dos filantrópicos que é muito importante. Eu estou à frente dessa luta e em defesa

As medidas estavam paralisadas a pedido do deputado Lúdio Cabral (PT).

Para o primeiro secretário, Eduardo Botelho (DEM), a aprovação do FEEF, em especial, é de fundamental importância para a Saúde do Estado.

“Nós definimos vários assuntos que serão analisados na próxima segunda-feira. Vamos encerrar dos filantrópicos que é muito importante. Eu estou à frente dessa luta e em defesa”, disse.

Aposentados

A reunião entre Mendes e deputados ocorreu no Palácio Paiaguás no fim da manhã de ontem.

Outro assunto tratado na ocasião foi o projeto que diminui a alíquota dos aposentados e pensionistas do Estado. A proposta está travada no Conselho de Previdência de Mato Grosso após um pedido de vista.

Segundo Botelho, Mendes se comprometeu a convocar uma reunião já na semana que vem para entrar em um consenso sobre o assunto.

“Ele mandou a convocação de uma reunião para semana que vem para o Conselho fazer uma reanálise de tudo e ver se encerramos isso e esses projetos sejam encaminhados à Assembleia”, resumiu.

Midianews.com.br

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento