Conectado por

Mato Grosso

Ministro da Saúde diz que achou que coronavírus não chegaria em MT por causa do calor

Publicado por

em

Em tom de brincadeira, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, afirmou em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (25) que achou que o coronavírus não chegaria a Mato Grosso por causa do calor, normalmente superior a 35ªC.

Continua após a publicidade

“Nas minhas orações estou sempre esperando uma vacina. Eu fico sempre cuidando muito e prensando, se esse vírus não gostar de sol não vai ter casos em Cuiabá. Como Mato Grosso demorou um tempão, eu fiquei achando que era o calor de Cuiabá, a minha eterna capital, quase que eu fui pra Cuiabá para ficar lá com meus amigos cuiabanos, mas infelizmente o calor de Cuiabá está ali e o vírus também está ali. Já tivemos casos confirmados em Cuiabá”, disse o ministro.

Até esta quarta-feira, Mato Grosso já registrava nove casos confirmados de Covid-19, sendo seis em Cuiabá, dois em Várzea Grande, região metropolitana da capital, e um em Nova Monte Verde.

A faixa etária dos pacientes que testaram positivo para o coronavírus varia entre 31 e 50 anos. Em MT, conforme o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, a transmissão já é considerada comunitária, quando não se tem a origem do foco.

Outros 326 casos são investigados pela secretaria por serem suspeitos do Covid-19.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) reforça que atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção por Covid-19. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus.

Os casos suspeitos estão nos municípios de:

  • Água Boa (2)
  • Alta Floresta (6)
  • Apiacás (3)
  • Araputanga (2)
  • Aripuanã (4)
  • Barão de Melgaço (1)
  • Barra do Bugres (5)
  • Barra do Garças (8)
  • Bom Jesus do Araguaia (1)
  • Brasnorte (6)
  • Cáceres (2)
  • Campo Novo do Parecis (11)
  • Campo Verde (21)
  • Campos de Júlio (1)
  • Castanheira (3)
  • Chapada dos Guimarães (2)
  • Colíder (1)
  • Comodoro (3)
  • Confresa (2)
  • Conquista D’Oeste (1)
  • Cotriguaçu (1)
  • Cuiabá (47)
  • Guarantã do Norte (4)
  • Guiratinga (1)
  • Ipiranga do Norte (1)
  • Juína (2)
  • Juruena (1)
  • Lucas do Rio Verde (7)
  • Vila Bela da Santíssima Trindade (4)
  • Matupá (3)
  • Nossa Senhora do Livramento (3)
  • Nova Mutum (2)
  • Nova Olímpia (1)
  • Nova Xavantina (1)
  • Novo Mundo (1)
  • Paranaíta (2)
  • Paranatinga (6)
  • Pedra Preta (2)
  • Poconé (1)
  • Pontes e Lacerda (7)
  • Porto Alegre do Norte (1)
  • Porto Estrela (1)
  • Poxoréu (1)
  • Primavera do Leste (6)
  • Querência ()
  • São José do Rio Claro (5)
  • Rondonópolis (28)
  • Rosário Oeste (3)
  • Santa Rita do Trivelato (1)
  • Santo Antônio do Leverger (1)
  • Sapezal (4)
  • Sinop (29)
  • Sorriso (9)
  • Tabaporã (2)
  • Tangará da Serra (17)
  • Terra Nova do Norte (1)
  • União do Sul (1)
  • Várzea Grande (31)
  • Vila Rica (1)
  • Nova Monte Verde (1)

Ações diárias para ajudar a prevenir a propagação de vírus respiratórios:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão
  • Usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de vários vírus, inclusive o novo coronavírus.

FONTE: G1