Conectado por
Governo de Rondônia

Acre

Ministério Público Federal move ações contra desmatadores no Acre

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O Ministério Público Federal tem cinco processos contra desmatadores no Acre movidos a partir do projeto Amazônia Protege. Esse número é um dos três menores no ranking liderado pelo Estado do Mato Grosso, que tem 718 processos.

O Amazônia Protege é um projeto idealizado pelo Ministério Público Federal que pretende combater o desmatamento ilegal na Floresta Amazônica brasileira.

“Com uma nova metodologia de trabalho, que utiliza imagens de satélite e cruzamento de dados públicos, o MPF instaura ações civis públicas contra os responsáveis pelos desmatamentos ilegais com mais de 60 hectares registrados pelo Projeto de Monitoramento do Desflorestamento na Amazônia Legal”, informa o MPF.

O mapa criado pelo programa ajuda em muitas situações. Quem, por exemplo, quer comprar terras na Amazônia pode saber se a área desejada é alvo de ação do MPF. E os órgãos públicos podem consultar o site do projeto antes de fornecer documentação a terras na Amazônia, evitando a regularização fundiária de locais recém-desmatados ilegalmente.

O mapa de ações pode ser acessado no portal do MPF, onde constam detalhes.