Conectado por

Acre

Ministério da Saúde diz que já habilitou 40 leitos de UTI no Acre ao custo de R$ 4 milhões

Publicado por

em

A saúde pública brasileira já conta com 9.011 leitos de UTI habilitados pelo Governo do Brasil para tratar exclusivamente de pacientes graves ou gravíssimos com Covid-19.

Continua após a publicidade

Para o Acre, o Ministério da Saúde diz que já habilitou 40 leitos de UTI e investe R$ 4 milhões para sua manutenção por noventa dias. Se houver necessidade, novos pagamentos são feitos para que os leitos sigam atendendo.

Cada leito recebe o dobro do valor normal do custeio diário para leitos de UTI, passando de R$ 800 para R$ 1.600. São leitos exclusivos para pacientes graves ou gravíssimos com coronavírus. Os gestores dos estados e municípios contemplados recebem o valor antes mesmo da ocupação do leito.

A medida fortalece o Sistema Único de Saúde (SUS) e leva atendimento para todos os estados brasileiros, incluindo capitais, municípios maiores e, especialmente, pessoas menos protegidas no interior do país.

Do total habilitado no País, 236 deles são de UTI pediátrica. Ao todo, o Ministério da Saúde fez um aporte na ordem de R$ 1,283 bilhão, pago em parcela única, para estados e municípios custearem esses leitos pelos 3 meses ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia.

Nesta sexta-feira (3), foram habilitados mais 41 leitos de UTI, ao custo de R$ 5,9 milhões, contemplando a população do estado de Goiás.