Conectado por

Religião

Melhor que a tolerância

Publicado por

em

A quem, pois, me fareis semelhante, para que eu lhe seja igual? Diz o Santo. Porque assim como os céus são mais altos do que a terra… meus pensamentos mais altos do que os vossos pensamentos.

Continua após a publicidade

(Isaías 40:25; 55:9)

Em 1598, na França, o rei Henrique IV assinou o Edito de Nantes. Assim foram lançadas as bases da tolerância, tão elogiada hoje em dia. Mas você sabia, que a Palavra de Deus nos propõe algo melhor?

A Bíblia revela o único Deus, que convida a cada ser humano a fazer a diferença entre Ele e os assim chamados deuses. Para conhecê-Lo não basta seguir os preceitos de uma religião, enquanto se respeita as outras. No entanto, para estar em relação com Ele e vê-Lo agir em minha vida tenho que aceitar Sua revelação.

Deus não tem nenhuma tolerância para com o pecado. Por outro lado, perdoa a todo aquele que crê no Senhor Jesus Cristo.

Também não podemos dizer que Ele tolera os pecadores. De fato, Ele faz muito mais: Ele os ama. E se os tolera é para dar-lhes tempo de voltarem-se para Ele a fim de que sejam salvos.

Deus não nos pede que toleremos o mal. Ele nos diz que devemos vencer o mal com o bem (Romanos 12:21). Finalmente, Deus não nos ensina a tolerarmos uns aos outros, e sim a amarmos, como Cristo o fez. E fazer com os outros aquilo que desejamos que eles façam conosco. Que plano impressionante! Ele supera muito a tolerância tão defendida nos dias de hoje, aquela que geralmente não passa de uma indiferença culpada ou de uma cumplicidade passiva.

Confiaremos em Deus e aceitaremos tal desafio?

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *