Conectado por

Religião

Meditações Sobre o livro dos Salmos


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Tu és meu pai, meu Deus, e a rocha da minha salvação.

Salmo 89:26

(leia Salmo 31:1-14)

“Em ti, SENHOR, me refugio” — agora esta é a firme declaração do fiel (v. 1). No versículo 6: “Eu, porém, confio no SENHOR”. E novamente no final de nossa leitura: “Quanto a mim, confio em ti, SENHOR” (v. 14). Em meio à tempestade desencadeada sobre os homens, ele se ancora nesta certeza. Seu refúgio já não é mais a sua própria montanha (Salmo 30:7), mas o SENHOR, sua inabalável Rocha (v. 3). Nada nem ninguém pode destruir a fé estabelecida em tal fundação (Mateus 7:25). A sua fé, caro leitor, está firmada na Rocha?

Há um momento na vida, mais do que qualquer outro, quando esta verdade é especialmente necessária. É o último momento, em que tudo será deixado para trás e passaremos pela morte. Nessa jornada, nada há que possamos levar, exceto o Deus em quem confiamos (Provérbios 14:32). O versículo 5 nos lembra que, no instante de Sua morte, Cristo expressou essa absoluta confiança mediante Sua última palavra na cruz: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito” (Lucas 23:46).

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 20 =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento