Conectado por

Justiça

Médico é preso por suspeita de matar esposa grávida de quatro meses

Publicado por

em

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (19), o médico Fernando Veríssimo Carvalho, de 28 anos, em Ribeirão Preto (SP), por suspeita de matar a esposa Beatriz Nuala Soares Milano, 27, que estava grávida de quatro meses, em Rondonópolis (a 217 km de Cuiabá). O crime ocorreu no dia 24 de novembro deste ano.

Continua após a publicidade

De acordo com informações do G1/SP, o médico estava com um mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça de Mato Grosso. A prisão ocorreu na casa dos pais, no bairro Cidade Universitária. Ele foi encaminhado para à Central de Flagrantes.
 
De acordo com informações do boletim de ocorrências, por volta das 7h do dia 24 de novembro, uma equipe da Polícia Civil foi acionada para atender um caso de encontro de cadáver em uma residência no bairro Vila Aurora, em Rondonópolis.
 
Ao chegarem ao local encontraram a Polícia Militar fazendo o isolamento e começaram então a fazer as investigações. Segundo relatos do marido da vítima, na noite anterior ele e sua esposa, que está grávida de quatro meses e meio, saíram para jantar, retornando por volta das 23h.
 
Ele contou que ficaram deitados na cama por um tempo e depois ele decidiu sair do quarto para tomar umas caipirinhas. O homem teria ido para a sala e teria adormecido por volta das 3h.
 
Já por volta das 7h, quando ele acordou, ele foi ao quarto e encontrou o corpo de sua esposa já sem vida. Ele acionou a Polícia Militar e teria dito a eles que não receberam ninguém durante a noite. Desde então, a polícia passou a apurar o caso. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *