Conectado por

Mato Grosso

Mauro Mendes diz “correr contra o tempo” para STN liberar empréstimo


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que ainda espera um posicionamento da Secretaria Nacional do Tesouro (STN) para dar continuidade ao trâmite da aprovação da operação de crédito de US$ 250 milhões, junto ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), a fim de quitar uma dívida com o Bank of America.

Na cotação de hoje, o montante chega a R$ 992,5 milhões.

Na semana passada, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, acatou uma ação do Estado de Mato Grosso para que o STN avalize o empréstimo.

“Semana passada, falei duas vezes, pessoalmente, com o ministro Dias Toffoli, que gentilmente acolheu os argumentos da nossa Procuradoria. Agora, o processo está na mão do STN. Eu falei com a secretária-adjunta, para que ela pudesse dar celeridade, para chegar ao Senado”, afirmou.

Estamos trocando uma dívida mais cara, com juros mais caro, com prazo menor, por uma dívida mais barata, com juros mais barato, para pagar em um prazo maior. Isso vai dar um alívio grande no caixa do Estado

Segundo Mendes, após o STN avalizar, a proposta precisa ainda ser votada no Senado para depois seguir para a assinatura do contrato.

O trâmite tem que ser encerrado até o início de setembro, mês em que o Executivo precisará desembolsar uma parcela de R$ 140 milhões para o Bank of America.

Com a assinatura do contrato, o pagamento não precisará mais ser feito. O Governo planeja pagar até R$ 49 milhões este ano para o Bird, com a negociação.

“O Senado tem que aprovar esse empréstimo, para voltar e assinar o contrato, para dar tempo de até setembro não precisar pagar essa parcela e já entrar nesse refinanciamento, que será importante para ajudar na recuperação do Estado de Mato Grosso”, disse.

“Estamos trabalhando muito para que dê tempo. Vamos contar com Deus e com a sorte”, acrescentou.

O governador afirmou que a medida dará fôlego ao caixa do Estado. E lembrou que precisa fazer um contingenciamento até dezembro deste ano para pagar o 13º salário dos servidores.

“Estamos trocando uma dívida mais cara, com juros mais caro, com prazo menor, por uma dívida mais barata, com juros mais barato, para pagar em um prazo maior. Isso vai dar um alívio grande no caixa do Estado”, afirmou.

“Senão, este ano vamos ter que pagar uma parcela de R$ 140 milhões agora em setembro e isso vai dar um sufoco gigante para Mato Grosso. A nova operação alivia o caixa. Precisamos começar a fazer um planejamento para, em dezembro, pagar o 13º. Isso nos preocupa muito”, completou.

(midianews)

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − dez =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento