Conectado por

Saúde

Mastigação errada pode causar problema de saúde


Compartilhe:

Publicado por

em

Alimentação saudável é essencial para o bom funcionamento do organismo, mas você sabia que exercitar e prestar atenção  aos músculos da mastigação é muito importante, já que é onde se inicia todo o processo de trituração? É na mastigação que as enzimas digestivas presentes na saliva irão ajudar a produzir moléculas menores para serem melhor aproveitadas para o organismo, ajudando a prevenir azia e má digestão. E mais, a mastigação correta e funcional propicia uma maior saciedade, acarretando em menor ingestão dos alimentos e contribuindo para a perda de peso.

Problemas na maioria das vezes tidos como neurológicos, tais como cefaleia e enxaqueca, otológicos, como zumbido no ouvido, e até mesmo o estresse podem ser sinais de que a mastigação não está correta. Já na primeira infância seu mal funcionamento pode afetar na fala, na formação dos ossos faciais e até mesmo na oclusão dos dentes da criança. Uma mastigação correta traz inúmeros benefícios. Dentre eles: melhora do tônus muscular da boca e da língua, saúde dos dentes e até mesmo a melhora do funcionamento do sistema digestivo, além de prevenir alterações na arcada dentária e disfunções na articulação temporomandibular (ATM).

O Dr. Alessandro Silva, mestre e doutor em cirurgia buco-maxilo-facial pela USP e Unicamp e diretor da clínica Maxilart, explica que para favorecer a função, a mastigação deve ser bilateral, com movimentos verticais e rotação de mandíbula. Além disso, é fundamental reservar um tempo para as refeições. Veja outras dicas:

– Usar a língua para direcionar o bolo alimentar para a superfície dos dentes correspondentes

– Os dentes pré molares devem receber os pedaços maiores, e os menores para os molares

– Não exagere na quantidade de comida

FONTE:ASSESSORIA