Conectado por

Polícia

Mãe e namorada são presas acusadas de matar criança de três anos espancada


Compartilhe:

Publicado por

em

Luana Marques Fernandes, 25 anos, e sua companheira, Fabíola Pinheiro Bracelar, de 22, foram presas na noite da última terça-feira (26), no bairro Planalto, em Nova Marilândia (252 quilômetros de Cuiabá), acusadas de matar uma criança de três anos espancada. Davi Gustavo Marques Souza, filho da primeira suspeita, estava com diversos hematomas pelo corpo. Testemunhas confirmaram as sessões de tortura.

 
Conforme as informações do boletim de ocorrências, a Polícia Militar foi acionada pelo secretário de Saúde da cidade, que informou sobre uma criança que foi levada pela companheira da mãe e que entrou em óbito. A mulher, após largar o menino na unidade, foi embora o abandonando.
 
Ciente da situação, a Polícia Militar foi até a unidade de saúde, onde foi confirmada a morte do menino. Posteriormente, a equipe localizou Luana e Fabíola, sendo que as duas já estavam com malas e mochilas prontas, possivelmente com o intuito de fugir da cidade.
 
Denúncias anônimas confirmaram as agressões constantes à criança. Ambas foram encaminhadas para a delegacia, onde foi registrado boletim de ocorrências por homicídio doloso, tortura, maus tratos e omissão.

Fabíola disse que levou a criança para o pronto atendimento porque ela estava reclamando de dores. Além disto, pontuou que ela teria se machucado devido a uma queda de bicicleta e também em uma partida de futebol, onde teria fraturado o fêmur.
 

O caso é investigado pela Polícia Civil. O corpo do menino foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A suspeita é que o espancamento tenha causado a morte.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *