Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Lucas do Rio Verde: Saúde confirma registro de 7 casos de chikungunya em 2018

Publicado por

em


Continua após a publicidade

A Secretaria de Saúde de Lucas do Rio Verde registrou 20 notificações de casos suspeitos de Chikungunya de janeiro a julho desse ano. Exames laboratoriais realizados em Cuiabá descartaram 13 casos. Os sete casos positivos foram tratados e evoluíram para cura, conforme informou em entrevista coletiva o secretário de Saúde, Rafael Bespalez.

Como o resultado do exame realizado no Laboratório Central do Estado – Lacen – demora a ser divulgado, o município tomou todas providências em relação ao surgimento dos casos suspeitos. “Quando notificados, já são tomadas todas as medidas a respeito do tratamento do paciente”, esclareceu.

O secretário chama a atenção para a necessidade de prevenção, procedimento tido como mais importante que o próprio tratamento. Bespalez cita que, em comparação a outras regiões do país, os índices de Lucas do Rio Verde são considerados positivos. Ele credita o baixo índice de casos ao trabalho realizado pelos agentes comunitários de saúde, ao entendimento da população que tomou providências com relação a eliminação de lixo que acumule água e do próprio município. Rafael cita a realização do mutirão de limpeza realizado recentemente e que descartou lixo que poderia se tornar criadouro do mosquito aedes aegypti, transmissor da Chikungunya e outras doenças.

Em 2017, de janeiro a julho, foram apenas seis notificações. O bairro Cidade Nova teve quatro notificações da doença esse ano, 4. O Industrial, Bandeirantes e Rio Verde tiveram dois casos suspeitos para Chikungunya.