Conectado por

Política

Lindomar Garçon manda indireta para prefeito de Candeias e afirma correr risco de morte


Compartilhe:

Publicado por

em

Derrotado no último pleito em sua tentativa de se reeleger ao Congresso, o deputado federal Lindomar Garçom (PRB), subiu o tom do seu discurso em um evento realizado dentro de sua principal área de influência política, o município de Candeias do Jamari.

Garçom aproveitou a festa do dia das crianças realizada na principal praça do município para explanar de forma clarividente que o atual prefeito, Luiz Ikenohuchi, vem ameaçando opositores, e alegou que pode ser assassinado caso continue a sua oposição à atual gestão de Cadeias.

“Aqui nos estamos calados, aqui está igual a Venezuela! Se alguém falar algo, tem medo de morrer! Nós vamos ter que se unir, nem que eu tenha que morrer, nem que eu tenha que pagar com sangue, mas ele não vai mais humilhar as pessoas, ele não vai! E se eu morrer me enterrem ao lado de minha filha, mas esse homem, se ele fez o mal com o outro que estava aqui. Ele pode fazer comigo também! É viver ou deixar o Candeias Livre! Eu quero os dois, mas se for pra morrer e deixar o Candeias Livre, eu morro!”, exclamou Garçon, em uma clara alusão que o prefeito Ikenohuchi tenha envolvimento no assassinato do ex-prefeito, Chico Pernambuco.

O mandato de Lindomar Garçon em Brasília termina no próximo dia 31 de janeiro, e ao que tudo indica, sua próxima ambição política é retornar é retornar ao ´poder executivo de Candeias do Jamari.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento