Conectado por
Governo de Rondônia

Mato Grosso

Justiça Eleitoral cassa prefeito e vice em Mato Grosso

Publicado por

em


Continua após a publicidade

O juiz da 2º Zona Eleitoral de Guiratinga, Aroldo José Zonta Burgarelli, julgou procedente ação parra cassar os diplomas expedidos em favor de Waldeci Barga Rosa e Leonor de Fatima Bassi Martini, decretando a perda dos mandatos eletivos, respectivamente, de prefeito e vice daquele município. Decisão é desta sexta-feira (5).
Sentença determinou também a inelegibilidade para as eleições que se realizarem nos 8 anos subsequentes. Conforme os autos, a Ação de Investigação Judicial Eleitoral foi proposta por Humberto Domingues Ferreira, candidato derrotado ao cargo de prefeito nas eleições de 2020.

Processo apontou conduta ilícita de boca de urna e tentativa de compra de voto cometida por correligionário, captação ilícita de sufrágio mediante depósitos bancários às vésperas do dia da eleição e captação ilícita de sufrágio mediante oferecimento de combustível e dinheiro.

Apontou ainda Captação ilícita de sufrágio mediante disponibilização de taxistas clandestinos aos eleitores no dia da eleição e promessa de recompensa como compensação pelo apoio e votos após o término da eleição.

 Cabe recurso sobre a sentença.

Olhar Direto