Conectado por

Mundo

Jornal crítico ao chavismo deixa de circular na Venezuela


Compartilhe:

Publicado por

em

O jornal venezuelanoEl Nacional“, último crítico ao chavismo no país, terá sua derradeira edição impressa publicada nesta sexta-feira (14), após 75 anos de existência. O veículo seguirá funcionando somente com conteúdos online.

“Uma ditadura ferrenha está fechando a janela da liberdade de expressão. Estou certo que, de uma maneira outra, no futuro voltaremos a imprimir. No momento não podemos porque não temos mais papel”, disse o presidente da publicação, Miguel Henrique Otero, que está exilado em Miami, nos Estados Unidos, por ser opositor ao regime do presidente Nicolás Maduro.

“O El Nacional é um guerreiro e seguirá lutando. Aos guerreiros se pode fechar uma porta, mas sempre se abrem outras. O ‘El Nacional’ não morre com esta decisão. Continuará a informar com seus jornalistas pela democracia, e com muito mais força”, acrescentou.

O jornalista lembrou que, somente neste ano, 26 veículos de imprensa encerraram as atividades no país. “A Venezuela sofre as consequências de uma ditadura ferrenha, que é diferente de uma ‘ditadura bananeira’. É mais sofisticada, usou diversos mecaninsmos para fechar as janelas da liberdade de expressão. (ANSA)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento