Conectado por

Mundo

John McCain decide interromper tratamento contra câncer no cérebro


Compartilhe:

Publicado por

em

Família está reunida no Arizona ao lado do senador, que está no sexto mandato e passou 5 anos como prisioneiro de guerra no Vietnã.

São Paulo – O senador John McCain, do estado do Arizona (Estados Unidos), decidiu interromper o tratamento de câncer no cérebro. A informação foi divulgada no final da manhã desta sexta-feira pelo jornal The New York Times e repercutida pela imprensa americana. O político luta contra a doença há mais de um ano.

Em comunicado divulgado posteriormente, a família do político, que está com 81 anos, disse que McCain ultrapassou a expectativa de vida dada a sua condição, mas “o progresso da doença e o avanço inexorável da idade deram seu veredito”. “Com sua costumeira força de vontade, ele agora decidiu descontinuar o tratamento médico”, continuou a família.

McCain, que passou cinco anos como prisioneiro de guerra durante o conflito no Vietnã, está em seu sexto mandato como senador e afastado dos trabalhos desde dezembro em razão de sua condição de saúde. O tratamento que será interrompido foi iniciado em julho de 2017. De acordo com fontes próximas do senador, ouvidas pelo NYT, familiares estão reunidos no Arizona ao lado do senador para aguardar os próximos momentos.