Conectado por

Geral

Jesualdo cotado para o governo, Follador questiona compra de 80 carros pelo Fundo de Erradicação da Pobreza, Redano denuncia prática de reserva de mercado


Compartilhe:

Publicado por

em

Mistério – O deputado estadual Adelino Follador (DEM) questionou a compra de 80 veículos pelo governo do Estado, para atender a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas) com recursos do Fundo Estadual de Combate a Erradicação da Pobreza (Fecoep). A proposta da Seas que está sendo analisada na Assembleia Legislativa (Ale) é para compra de 80 veículos e 4 ônibus com custo orçado em R$ 7,6 milhões. Pobres da área rural precisam de calcário, insumos, sementes, mudas de café a boas estradas, não de veículos. É o fim da rosca…

Catarata – Pela segunda vez o deputado estadual Alex Redano (PRB-Ariquemes) cobra da Tribuna Ada Assembleia Legislativa (Ale/RO) a contratação das carretas SUS, pelo governo do Estado, que realizam cirurgias de cataratas pelo Brasil. A licitação foi suspensa, após pedido da Associação dos Médicos Oftalmológicos. Há em Rondônia cerca de 5 mil pessoas que precisam da cirurgia e o custo é de R$ 5 mil cada. Pelas carretas, que percorrem o Brasil o custo é de R$ 700. Redano denunciou que há reserva de mercado. As equipes das carretas realizam até 200 cirurgias por dia. Onde estão nossas autoridades?

Senado – As convenções partidárias serão realizadas de 20 de julho a 5 de agosto, portanto estão se aproximando e a movimentação das lideranças políticas é crescente na capital e no interior. O Senado já tem alguns pré-candidatos definidos como Valdir Raupp (MDB) à reeleição, ex-governador Confúcio Moura (MDB), Jesualdo Pires (PSB), Manoel Neri (PCdoB) são os nomes mais comentados. O ex-senador Expedito Júnior, do PSDB também está entre os favoritos, mas há quem afirme que sua opção seria para o governo do Estado.

Animado – Durante a realização da 7ª Rondônia Rural Show, em Ji-Paraná na última semana, o governador Daniel Pereira (PSB) despachou diretamente do local. A sede do governo foi deslocada para a mais importante mostra de negócios de Rondônia e uma das maiores do país, apesar de, ainda, estar na sétima edição. Quem conversou política com Daniel garante que ele está animado, para disputar a reeleição, apesar de não afirmar isso em momento algum.

Composição – Outro assunto que ganha corpo desde o início desta semana é uma parceria entre vários caciques políticos do Estado. Seria a candidatura a governador do ex-prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires com apoio dos senadores Valdir Raupp (MDB) e Acir Gurgacz (PDT) e também do governador Daniel Pereira. É uma hipótese que não pode ser descartada, desde que Acir, que é pré-candidato a governador cumpra seu mandato, que tem mais 4 anos e seja candidato ao cargo majoritário em 2022. O “óbice” é que Daniel tem compromisso público de apoiar Acir que é pré-candidato a governador.

Respigo

O Brasil é mesmo um País do faz de conta. Ignorando decisão judicial os petroleiros entraram em greve por um período de 72 horas +++ O episódio preocupa, pois se trata de uma desobediência orquestrada, que coloca em xeque a soberania nacional. Quando uma decisão judicial nada representa para uma categoria como fica a situação para os demais segmentos da população? +++ Na sessão ordinária da Ale na manhã de hoje (30) o deputado Cleiton Roque (PSB-Pimenta Bueno) abordou um assunto polêmico, que é reduzir o orçamento anual dos Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário). Ele alega que o Estado conseguiria economizar bastante com a medida e investigar mais em educação, saúde, estradas, etc. +++ A proposta do deputado Cleiton é corajosa, porque quando o assunto envolve a administração pública o “bicho pega”. Mesmo o ano sendo eleitoral o parlamentar colocou na pauta uma situação polêmica, mas que de fato precisa ser revista.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *