Conectado por

Featured

Janaina Riva deve impor condições para ser aliada de Mauro Mendes


Compartilhe:

Publicado por

em

Deputada tem intenção de compor base de sustentação, mas enfrentará governo nas polêmicas com servidores.

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) deve impor condições para compor a base aliada do próximo governador, Mauro Mendes (DEM). Líder da oposição no governo Pedro Taques (PSDB), ela foi eleita na coligação que sustentou a vitória de Mendes sobre o tucano. Apesar disso, Janaina pretende manter uma postura independente até ter certeza das prioridades do próximo governo.

“O MDB começa na base e deve permanecer. Mas eu sempre fui uma deputada independente na Assembleia”, observou. “Tenho tudo para ser da base governista, mas isso exige muito mais coisas do que apenas estar no partido que foi aliado do governador. Tive uma conversa muito aberta sobre isso com ele. Até porque ele já sabe meus posicionamentos aqui na Assembleia. Ele tem noção de como vou me comportar”, disse a parlamentar.

Entre os pontos que serão avaliados por Janaina, está a priorização de demandas dos municípios onde ela tem base eleitoral. “Ainda não conversei com o Mauro sobre isso, e estou tendo paciência de esperar ele assumir como governador. Não adianta ele conversar comigo hoje sobre as prioridades de atender os municípios, pois ele não sabe se pode cumprir”, disse.

Além disso, a deputada não abre mão da bandeira de defesa dos servidores públicos, uma das marcas do seu primeiro mandato. Mendes já anunciou medidas para enxugar gastos com corte de cargos e de contratados, extinção de secretarias e retorno do expediente em período integral. Além disso, ele defendeu que o atual governo não reponha a inflação de 2017 nos salários, por meio da Revisão Geral Anual (RGA) 2018, e assinou uma carta destinada ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) que, entre outros itens, defende a flexibilização da estabilidade dos servidores concursados.

“Podemos caminhar juntos, mas é lógico que tem que existir um alinhamento. Ele vai exigir uma postura rígida com relação aos servidores? Isso é algo que não posso oferecer. Mas se ele precisar de respaldo em outras votações, eu posso ajudar. A posição de independência é melhor para mim hoje, até ele analisar qual perfil de deputado ele vai precisar”, disse.

Na avaliação de Janaina, como os debates foram muito mais intensos na campanha eleitoral deste ano, já é possível traçar os perfis dos eleitos, mesmo dos que estão são estreantes, e Mendes pode ter ideia do que esperar de cada deputado. “Hoje está mais fácil fazer leitura do perfil dos deputados que antes. Todos têm posicionamento muito crítico e muito público. Os novos, principalmente, têm receio muito maior do comportamento da população, então tudo foi muito debatido na eleição. É difícil alguém mudar de opinião”, analisou.

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento