Conectado por

AL/MT

Janaina: “MDB vota em bloco, mas não temos compromisso com ninguém no que diz respeito à indicação do conselheiro do TCE-MT”


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) afirmou que seu partido decidiu que fará uma “votação em bloco” no que diz respeito à indicação do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT).  

As articulações em torno do assunto se intensificaram ao longo desta semana, após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que “destravou” o processo de indicação – sub judice desde 2014.  

“Tomamos uma decisão de votar em bloco. O MDB vai trabalhar um voto em bloco. Vou esperar para ver a decisão do partido, mas não temos compromisso com nenhum dos nomes colocados até o momento”, disse a deputada, em entrevista ao MidiaNews.  

O MDB vai trabalhar um voto em bloco. Vou esperar para ver a decisão do partido, mas não temos compromisso com nenhum dos nomes colocados até o momento

Além de Janaina, integram a bancada no MDB na Assembleia Legislativa, os deputados Romoaldo Junior, Thiago Silva e dr. João de Matos.  

Entre os que já manifestaram interesse na indicação, até o momento, estão os deputados estaduais Guilherme Maluf (PSDB) e Sebastião Rezende (PSC). Ainda são ventilados nomes como o do também deputado Faissal Calil (PV), além do promotor de Justiça, Mauro Zaque.  

A deputada Janaina, por exemplo, disse que já conversou com alguns dos pretensos candidatos.  

O deputado Maluf é um dos que pediu o apoio da parlamentar para a indicação. Ela também conversou com Mauro Zaque e pretende se reunir novamente com o promotor para tratar deste ano, desta vez, pessoalmente.  

“Único que até agora me pediu apoio foi o Guilherme. Tive uma conversa com ele, com o Mauro Zaque também. E sei que tem as candidaturas do Sebastião e do Faissal. O deputado Sebastião já tinha bem anteriormente conversado comigo, pedido apoio, mas essa semana ainda não nos falamos. Acredito que semana que vem as coisas esquentem com a notificação da Assembleia (decisão do ministro Fachin)”, concluiu a deputada.

A vaga  

Um projeto de resolução para definir o rito para a escolha do novo conselheiro do TCE deverá ser votado nos próximos dias. 

O texto definirá os termos para as indicações e análises dos candidatos, que precisam ter “reputação ilibada” e “notório saber jurídico”.  

Entre salário e benefícios, a remuneração mensal de um conselheiro do Tribunal de Contas do Estado pode chegar a R$ 60 mil.

( Midia News )

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento