Conectado por

Rondônia

Jair Montes cobra projeto social do Detran para emissão de CNH


Compartilhe:

Publicado por

em

Em requerimento aprovado pela Assembleia Legislativa, o deputado Jair Montes (PTC) cobrou da direção do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO) informações sobre o projeto “Anjos de Rondônia”, cujo objetivo é realizar cursos com alunos carentes das escolas estaduais para emissão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). 

O convênio era firmado com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a última turma formada no final do ano passado não conseguiu receber os certificados. “O projeto ajuda na formação e conscientização de alunos do ensino médio das escolas estaduais de Rondônia, ou seja, tem oportunidade de aprender sobre a segurança no trânsito e capacita os participantes com toda a parte teórica para tirar a CNH”, justificou o parlamentar. 

Chegou ao conhecimento do deputado a suspensão do projeto e a ausência dos certificados para os alunos que concluíram o curso no final do ano passado. “Precisamos passar limpo essa história”, disse ele. 

Varredura de diárias e passagens 

Em outro requerimento o deputado Jair Montes também requisitou à Casa Civil do Governo de Rondônia a relação dos servidores comissionados dos anos de 2013 a 2018 e a concessão de passagens terrestres e aéreas, além de diárias durante o mesmo período.  “Apesar de dados disponíveis no Portal Transparência com relação a gastos com passagens e concessão de diárias, as informações não são completas. Assim, o cidadão que deseja fiscalizar os gastos governamentais com diárias, faz uma verdadeira peregrinação pelos portais de transparência e ainda correr o risco de não encontrar comprovantes e demais documentos que atestam os gastos públicos com a temática em voga”, explica.

Detalhamento de despesas 

O parlamentar solicitou ainda informações referente ao quadro de servidores – efetivos, comissionados, funções gratificadas e concessões de diárias, quadro de detalhamento de despesas, credenciamentos de autoescolas e despachantes, empresas credenciadas de vistorias, placas e tarjetas e exames médicos, verbas publicitárias, receita, patrimônio, créditos, movimentação contábil financeiras, aplicação da receita arrecadada, atas do Conselho diretor e gastos com sinalização de trânsito, referente ao exercício de janeiro de 2014 até fevereiro de 2019.