Conectado por

Municípios

JACI-PARANÁ: Distrito ganha Parque do Comércio

Publicado por

em

“Determinei que 100% deste recurso fosse aplicado integralmente aqui no distrito. Desta maneira, nós resgatamos uma injustiça histórica”, disse o prefeito

Continua após a publicidade

Uma cerimônia modesta marcou na manhã desta sexta-feira (17) a entrega aos moradores do distrito de Jaci-Paraná, em Porto Velho, o Parque do Comércio. O local está localizado numa área de 30.000 m² e, é composto por duas quadras poliesportivas, skate park, dois estacionamentos, equipamentos para prática de esportes, playground, pista de caminhada, anfiteatro, urbanização e, ainda, o Mercado Estação, com 40 boxes, banheiros e salas administrativas.

Os investimentos foram aplicados através de repasses da Santo Antônio Energia (SAE) e fazem parte do montante de R$ 30 milhões disponíveis através de compensação financeira pela usina. O prefeito Hildon Chaves informou que após o alteamento de sua cota, a SAE destinou R$ 1 milhão a cada um dos municípios de Rondônia e R$ 30 milhões para Porto Velho. “Jaci Paraná também é Porto Velho. Fiz questão e determinei que 100% deste recurso fosse aplicado integralmente aqui no distrito. Desta maneira, nós resgatamos uma injustiça histórica. Todas as compensações anteriores foram aplicadas no perímetro urbano da cidade e, agora, temos diversos investimentos”.

“Estamos resgatando a dignidade de vocês. Conheci Jaci na época das usinas, parecia um ‘formigueiro humano’, encareceu o aluguel, ficou difícil a mão-de-obra. O impacto foi sentido e não foi respeitado por quem tinha o poder de fazer isso à época. Hoje, tenho certeza absoluta que a população daqui anda de cabeça erguida e com orgulho de ondem moram e, em breve, teremos mais pessoas vindo para cá. Muitas pessoas buscam uma cidade bonita e boa para viver”, completou o prefeito.

CONSERVAÇÃO

Hildon finalizou o discurso falando do comprometimento da população quanto ao zelo pelo seu novo espaço público. “O pedido que eu faço é que cada morador ajude-nos, conservando essas benfeitorias entregues agora, as anteriores e as próximas. Se cada um fizer a sua parte vamos cada vez mais longe”.

COMPROMISSO

Thiago Chiquito, gerente de Obras da SAE e, representando o diretor de Operações da SAE, Dimas Maintinguer, ressaltou ainda o compromisso da Companhia. “Estamos com outras obras em andamento que, inclusive, integram o convênio firmado com a Prefeitura para atender a região, orçado em R$ 30 milhões”.

SENSO DE JUSTIÇA

Para Luiz Cláudio Pereira, secretário municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric), o dia foi inesquecível para o distrito. Ele destacou a transparência na gestão e honestidade, além do senso de Justiça às pessoas da localidade e, principalmente, aos produtores rurais.

“Em outras gestões houve muito desperdício do dinheiro que veio das usinas do rio Madeira. Agora, essas pessoas foram vistas com a disposição desses recursos, deixando-as mais felizes”, destacou. “Uma obra de qualidade. Isso aqui poderá se tornar um cartão postal, um ponto turístico e envolver a comunidade”, acrescentou Luiz Cláudio.

EXPECTATIVA

A empresária nordestina Mariana Juliana do Nascimento possui uma loja de confecções localizada em frente ao Mercado Estação. Ela narrou que, na época da construção das usinas, as vendas “bombavam”. Ela tinha sete funcionárias, além dela e seu marido trabalhando em expediente ampliado.

“Agora estamos esperando que o local volte a crescer e que as vendas aumentam. Estamos aqui sob a ‘misericórdia de Deus’ e ‘praticamente ao Deus dará’. Mas, agora, essa obra ficou muito boa e, estávamos precisando. Está tudo muito difícil para todos, principalmente por causa desta pandemia (Covid-19), que afetou bastante o comércio. Torcemos para dar tudo certo e dar um movimento bom”, disse.

Participaram da cerimônia o secretário adjunto de Governo, Devanildo Santana, o subsecretário municipal de Serviços Básicos (Semusb), Rainey Viana, o administrador de Jaci-Paraná, José da Conceição (Sarney), o diretor presidente da Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur), Ricardo de Medeiros Freire, além outras autoridades como os vereadores Jurandir Bengala, Márcio Miranda e Edwilson Negreiros.

Assessoria