Conectado por

Polícia

Iulia: Cliente diz ter sido agredida por familiares de proprietários de restaurante de luxo

Publicado por

em

Continua após a publicidade

Uma corretora de imóveis afirma ter sido agredida por familiares dos proprietários do restaurante Iulia localizado Jockey Club de São Paulo, no bairro Cidade Jardim, em uma das regiões mais nobres de São Paulo, no sábado (11). A vítima, Milka Borges, afirma ter sofrido uma agressão após uma confusão se iniciar com uma discussão na fila do banheiro.

Por volta das 21h, a vítima relata por meio de um vídeo nas redes sociais ter ido ao banheiro e visto uma mulher que, segundo ela, estaria “desequilibrada” e teria começado a bater nas portas do banheiro do estabelecimento.

A agressora que, segundo a vítima estava alterada, teria batido nas portas das cabines afirmou que não esperaria para usar o banheito, alegando ter uma posição superior aos demais no restaurante.

“Fiquei sem entender o que estava acontecendo. Ela me empurrou, segurei ela e disse ‘calma, amiga, você está descontrolada'”, relata a vítima da agressão. “Ela saiu do banheiro gritando que ia tirar todo mundo da balada. Ela trouxe um segurança e o namorado dela que é irmão do dono do restaurante”, diz a vítima em depoimento.

Segundo a vítima, a mulher teria pego, então, o copo que estava com o namorado e atirou contra o rosto dela. “Eles começaram a me agredir mesmo vendo o sangue escorrendo. Não parava de sair sangue e ninguém do resturante me ajudou em nada. Meu amigo pegou o carro e me levou para o hospital, onde fiquei 16 horas.”

A vítima afirma que realizou duas cirugias e que espera justiça pelo ocorrido. A reportagem entrou em contato com o restaurante Iulia, localizado no espaço do Jockey Club e aguarda um retorno. O Jockey Club disse que soube do caso na manhã desta quarta-feira e também iria se posicionar, o que não ocorreu até a publicação da matéria. 

(R7)