Conectado por

Justiça

Irmão de Rose Miriam é obrigado a deixar mansão onde dormia no quarto de Gugu

Publicado por

em

Uma decisão judicial permite que os herdeiros de Gugu expulsem a qualquer momento Gianfrancesco Di Matteo, irmão de Rose Miriam, da mansão da família Liberato em Orlando, nos Estados Unidos. Segundo o UOL, Gianfrancesco está no local desde a morte do apresentador em 21 de novembro do ano passado.

Continua após a publicidade

Foi nessa casa que Gugu sofreu o acidente que resultou na sua morte e o irmão de Rose Miriam estaria dormindo no quarto que pertencia ao apresentador.

A juíza Eliane da Câmara Leite Ferreira, da 1ª Vara de Família e Sucessões da Comarca de São Paulo, decidiu na noite dessa terça-feira (4) a favor da defesa da família de Gugu, de retirar Di Matteo da residência.

“Defiro, entretanto, autorização à inventariante […] para que sejam tomadas providências, visando a desocupação do bem”, determinou a juíza. A inventariante é Aparecida Liberato, irmã de Gugu.

A assessoria da defesa de Rose Miriam informa que Gianfrancesco deixará a mansão espontaneamente.

“Nelson Wilians, advogado da viúva Rose Miriam, informa que, para evitar discussões desnecessárias e que fogem da busca do reconhecimento de sua união estável com Gugu Liberato, instruiu Gianfrancesco Di Matteo a encontrar um apartamento e sair da casa da irmã, mesmo estando lá a convite dela. Ele, porém, deve permanecer em Orlando a apoiando, conforme desejo de sua irmã.”

O primogênito de Gugu, João Augusto, tomou a iniciativa de procurar a Justiça, tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil, para expulsar o tio. Em entrevista ao programa “Fantástico”, da Globo, o advogado da família do apresentador detalhou o comportamento de Gianfrancesco dentro da mansão.

“Enterraram Gugu. No dia seguinte, este cidadão mudou-se para a casa de Rose e foi dormir no quarto do Gugu. Isto gerou no João e nas meninas um incômodo muito grande, para não dizer uma revolta”, afirmou o advogado Dilermando Cigagna Júnior.

FONTE: correio24horas