Conectado por

Agronegócios

Indústria de soja tem margem 36,3% menor no primeiro semestre deste ano


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

As indústrias de soja de Mato Grosso amargaram no primeiro semestre deste ano uma redução de 36,3% em sua margem bruta. A queda se dá em razão da desvalorização dos subprodutos, em conjunto com o aumento do preço da soja em grão no período. Fatores que fundamentam a redução da margem bruta em 2019.

De acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), os preços do farelo, usado na fabricação de rações recuaram 2,12%. Já o óleo, produto que dá origem ao biodiesel, 10,34% entre janeiro a julho deste ano.

Além disso, o preço do biodiesel – que tem como principal fonte de matéria-prima o óleo de soja – também mostrou decréscimo de 11,62% nesse mesmo período. “Este cenário de margens reduzidas pressiona as agroindústrias de processamento de soja, o que poderá influenciar no volume de soja esmagada”, finaliza o Imea.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 3 =

Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento