Conectado por

Acre

Indígena que estuprou a filha também teria abusado da esposa

Publicado por

em

O andamento das investigações da Polícia Civil no Acre chegou a suspeita de que o indígena Kaxinawá de 38 anos, acusado de estuprar a filha de 9 anos, também teria estuprado a mãe da menina. Isso porque, segundo o delegado responsável pelo caso, Rodrigo Noll, a mulher teria ficado grávida do indígena aos 11 anos.

Continua após a publicidade
<

A acusação é de que o abuso à filha do suspeito ocorreu em Santa Rosa do Purus. O indígena foi preso na semana passada na Unidade Prisional Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, após denúncia do Conselho Tutelar de abandono de incapaz e abuso sexual.

Segundo a polícia, a menina seria abusada pelo pai desde os oito anos. A mãe da garota reside atualmente numa aldeia localizada no município de Feijó, ela ainda será ouvida pelos agentes.

A expectativa é de que a Justiça se posicione nesta segunda-feira, 3, sobre a guarda da menina de 9 anos e do irmão, de 11.

FONTE:AC24HORAS