Conectado por

Featured

Imunização: Secretaria de Saúde orienta população sobre vacinação contra sarampo


Compartilhe:

Publicado por

em

Foco da campanha são crianças de 1 ano a menores de 5 anos

A procura pela vacina tríplice viral (sarampo, rubéola e caxumba) e pólio tem causado inúmeras filas nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Porto Velho. Por conta dessa situação, as UBS com maior demanda adotaram o sistema de distribuição de senhas para melhor atender a população. A Semusa (Secretaria Municipal de Saúde) pediu para que os pais tenham paciência para não provocar tumulto nas filas nos horários de maior de demanda.

O foco da campanha são crianças de 1 ano a menores de 5 anos, que estão fazendo o reforço da terceira dose. A campanha de multivacinação é específica para este público devido a baixa cobertura vacinal em todo o país nos últimos anos.

“Notamos que nas filas há, principalmente, pais de crianças de 5 a 12 anos. Essa faixa etária não faz parte da campanha. Se essas crianças estiverem com o cartão em dia (com as duas doses), não ha necessidade do reforço”,esclareceu a gerente.“Não é preciso causar tumulto, tem vacina para todos”, ressaltou Elizeth Gomes, gerente de Imunização da Semusa.

A Semusa recebeu do Ministério da Saúde 30 mil doses de tríplice viral e 30 mil de pólio para serem utilizadas nesta campanha. Pelo menos 18 mil foram aplicadas em apenas uma semana.

A gerente explicou que crianças acima de cinco anos e adultos já fazem parte da rotina de imunização. Só tomam a vacina se nunca foram imunizados ou não tenham comprovante.

Por isso, segundo ela, é importante o cartão de vacina e/ou cartão do SUS. No atendimento aos adultos o técnico tem que verificar no sistema se a pessoa já foi imunizado, o que demanda mais tempo.