Conectado por

Cuiabá-MT

Homens são presos com meia tonelada de defensivos agrícolas contrabandeados em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

Dois homens foram presos neste domingo (20) com 500 kg de defensivos agrícolas contrabandeados em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

Com os suspeitos, a Polícia Militar apreendeu dois veículos, rádios comunicadores e R$ 13 mil em cheques. O produto irregular havia saído de Cuiabá para ser entregue em Sinop neste fim de semana.

Os militares receberam informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) sobre dois veículos utilitários estavam transportando produtos ilícitos vindos de Cuiabá. Diante da denúncia, a equipe da Polícia Militar montou uma barreira policial na rodovia de acesso à cidade de Ipiranga do Norte.

Os dois veículos foram visualizados e abordados pela PM nas proximidades do aeroporto de Sinop. No momento da checagem, os motoristas demostraram nervosismo e repostas desconexas.

Durante buscas nos dois veículos, os policiais militares encontraram na caminhonete 23 sacos grandes de Benzoato, totalizando meia tonelada de defensivo agrícola, carga avaliada em aproximadamente R$ 500 mil. O motorista do veículo não tinha nota fiscal do produto.

O motorista do outro veículo relatou à PM que foi contratado pelo condutor da caminhonete para fazer o serviço de ‘ batedor ’ de Cuiabá até Sinop por R$ 1,5 mil. O batedor no crime vai na frente de um veículo que transporta algum produto ilícito para avisar o condutor sobre possíveis barreiras e fiscalizações policiais no trajeto.

O condutor da caminhonete relatou aos policiais que receberia R$ 10 mil para realizar o transporte do produto ilegal até Sinop. Para evitar abordagem policial, a dupla disse que pegou caminhos alternativos passando pela região de Diamantino, São José do Rio Claro e Ipiranga do Norte.

O motorista da caminhonete já tem passagem pela polícia por crime de contrabando. Ele foi preso em 2017 com roupas contrabandeadas da Bolívia. Os dois homens foram presos e os sacos com os defensivos agrícolas contrabandeados foram apreendidos.

A ocorrência foi entregue à Delegacia de Polícia Judiciária Civil.

G1.globo.com