Conectado por

Polícia

Homem é condenado por matar jovem com barra de ferro após denúncia de nota falsa em MT


Compartilhe:

Publicado por

em

Um homem foi condenado a 23 anos de prisão por participação na morte de um jovem em Rondonópolis, de 218 km de Cuiabá, em 2016. Thales Henrique Gomes foi julgado na quarta-feira (7) e considerado culpado pelo homicídio triplamente qualificado.

A reportagem tenta contato com a defesa dele.

Carlos Luiz de Souza Lima foi morto com golpes de barra de ferro e pedradas em janeiro de 2016 depois de denunciar um adolescente por uso de notas falsas.

Segundo o processo, a vítima recebeu uma nota do adolescente como pagamento e a utilizou para pagar uma conta em um bar. Ao notar a falsidade da nota, Carlos denunciou a situação à polícia e o adolescente foi apreendido.

O crime teria sido motivado por vingança.

A pena de Thales deve ser cumprida inicialmente em regime fechado.