Conectado por
Governo de Rondônia

Uncategorized

Homem decide ser batizado dias após ter esposa e filho assassinados: ‘Só posso obedecer’

Publicado por

em


Continua após a publicidade

Apenas dez dias depois de ter a esposa e o filho assassinados, Andrei Iacob decidiu entregar sua vida a Cristo e ser batizado na igreja frequentada por sua mulher, a Igreja Batista Long Hollow, nos Estados Unidos.

“Os últimos dias foram extremamente difíceis, não entendo por que, Senhor, tudo que sei agora é que Seu plano é maior do que o meu. Tudo o que posso fazer agora é obedecer e ser fiel”, disse Andrei em seu Instagram, na legenda do vídeo de seu batismo.

Sua esposa, Jessie, foi a primeira da família a se entregar a Cristo na Igreja Batista Long Hollow, no Tennessee. Logo depois, Andrei e o filho do casal, Zeke, começaram a frequentar os cultos.

Em 11 de dezembro, Jessie e Zeke foram assassinados por um homem quando Andrei não estava em casa. O autor do crime, um ex-funcionário da empresa de escavação fundada pelo casal, tirou a própria vida em 13 de dezembro, depois de ser localizado pela polícia.

Segundo relatórios, o homem pediu a Jessie, que administrava as finanças da empresa, para transferir dinheiro para sua conta. Mesmo tendo obedecido à ordem, ele atirou nela e no filho.

O que poderia ter matado a esperança de Andrei, apenas o trouxe para mais perto de Deus. Depois do enterro da esposa e do filho, em 19 de dezembro, ele conversou com o pastor Robby Gallaty sobre aceitar a Cristo e estender o perdão ao assassino falecido.

A Igreja Batista Long Hollow tinha um culto de batismo agendado para domingo, 20 de dezembro, para cerca de 12 pessoas. O pastor Robby perguntou a Andrei se ele gostaria de participar. Ele concordou; bem como sua sogra, Wanda, que também queria ser batizada.

“Eu perguntei ao Andrei se ele estava chateado com o Senhor pelo assassinato de sua família. Ele me disse que estava realmente grato por não estar em casa. Pois se tivesse morrido, não estaria pronto para encontrar Deus. ‘Vou apostar tudo no Senhor agora’, ele me disse”, relatou o pastor Robby.


Jessie e Zeke foram assassinados em 11 de dezembro, por um ex-funcionário que pedia dinheiro. (Foto: Andrei Iacob/Instagram)

Batismos e avivamento

Devido ao rápido aumento do número de casos de Covid-19 no Tennessee, o culto de batismo da Long Hollow teve seu menor público em cinco anos, observou o pastor. No entanto, no final, ele se sentiu levado a perguntar se mais alguém queria se apresentar para o batismo. Ao final do culto, 99 pessoas foram batizadas.

O mover para o batismo não parou ali. O pastor Robby soube que algumas pessoas que assistiam o culto online também decidiram ser batizadas em suas casas. Na segunda-feira, 21 de dezembro, o pastor foi às residências para fazer batismos nas banheiras. Para atender aos pedidos, a Long Hollow abriu suas portas na terça à noite, 22 de dezembro, para aqueles que desejavam ser batizados.

De acordo com o pastor Robby, este é “um movimento de Deus que eu nunca experimentei”.

“Uma das que foram batizadas estava antes no satanismo. Ela não achava que poderia ser salva por causa de todas as coisas horríveis que tinha feito”, disse ele. “Eu disse a ela que era mentira. O cara que a trouxe para a nossa igreja foi um adorador de Satanás por 10 anos. Eu o batizei e agora ele a trouxe para a igreja”.

Um dos policiais que havia trabalhado no caso do assassinato se juntou aos que estavam sendo salvos e batizados. Dois de seus colegas, membros da Long Hollow, oravam por ele há anos.

“As pessoas em nossa igreja disseram que nunca testemunharam algo como o que está acontecendo agora”, disse Robby.

Ao conversar com Andrei sobre a morte de Jessie e Zeke, Robby deu incentivo e consolo.

“Por meio de seu testemunho, a morte de Jessie trouxe a salvação para Andrei”, disse.

Guia me