Conectado por

Acre

Grupo protesta contra passaporte da vacina em Rio Branco


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

Um grupo de pessoas se reuniu nesta terça-feira (7) em frente à Câmara Municipal de Rio Branco para protestar contra o passaporte sanitário imposto pelo governo do Acre.

A exigência da apresentação do cartão de vacinação contra a Covid-19 para acesso em órgãos e repartições públicas e eventos com mais de 100 pessoas passou a valer no último dia 29 no estado acreano, após publicação de decreto assinado pelo governador Gladson Cameli.

Com cartazes, os manifestantes dizem: “Não à obrigatoriedade da vacina”, “Não ao passaporte sanitário”, “Somos livres”, “Meu corpo, minhas regras” e “Decreto não é lei”.

Uma das pessoas que participa da manifestação é a autônoma Bruna Alita, ela diz que eles não são antivacina, mas acreditam que o passaporte impede a liberdade das pessoas.

“Não somos contra as vacinas, somos contra a obrigatoriedade que eles querem impor, prejudicando no nosso direito de ir e vir. A gente quer um posicionamento dos vereadores, porque nós os elegemos e é um direito nosso, está na Constituição nosso direito de ir e vir”, fala Bruna.

Exigência fez nº de vacinados dobrar

A exigência do comprovante de imunização contra a Covid-19 na entrada de repartições públicas e eventos com mais de 100 pessoas fez a busca pela vacina aumentar em Rio Branco.

Dados da Vigilância Epidemiológica Municipal mostram que, antes da publicação do decreto no Diário Oficial do Estado (DOE), 6.969 pessoas tinham se vacinado. Na semana em que a normativa foi publicada, o número de vacinados subiu para 12.707.

Conforme a publicação, o decreto prevê que pessoas acima de 12 anos só participem de atividades como shows, feiras e jogos esportivos se estiverem vacinadas contra a Covid-19. A obrigatoriedade também vale para os funcionários dos eventos e atividades culturais, sociais e esportivas.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica Municipal, Socorro Martins, destacou que o show do cantor Gustavo Lima, realizado no estacionamento do Parque de Exposições no último dia 1º alavancou as buscas. Segundo ela, o menor número de buscas pela vacina continua sendo entre o público de 12 a 40 anos.

Casos de Covid e vacinação no Acre

 

O Acre registra mais de 88,2 mil casos de Covid-19 desde o início da pandemia. Ao todo, 1.849 morreram em decorrência da doença no estado.

O estado chegou a ficar em situação crítica com relação a vagas em leitos de UTI Covid entre março e abril deste ano, quando foram registrados os maiores números de contaminação e mortes. No entanto, com o avanço da vacinação, esse cenário vem apresentando queda.

Atualmente, em todo estado, há seis pacientes internados nos hospitais de referência, dos quais quatro estão com resultado positivo para a doença. Dos 20 leitos disponíveis na rede SUS no estado, dois estão ocupados. Com isso, a taxa de ocupação dos leitos que já ultrapassou os 100% no início deste ano, hoje é de 10%.

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 1.011.249 doses na população até esse domingo (5), data da última atualização. Das doses, 563.686 pessoas tomaram a primeira dose, 414.941 a segunda, 12.146 a dose única e 16.735 a de reforço.

G1.globo.com

Publicidade
CRÉDITO JÁ - EMPRÉSTIMOS
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento