Conectado por

Agronegócios

Governo federal aumentará imposto de importação sobre o leite integral em pó


Compartilhe:

Publicado por

em

Após anúncio, na semana passada, do fim da cobrança de uma taxa extra sobre a importação do leite da União Europeia e da Nova Zelândia, os deputados federais que compõem a Frente Parlamentar Agropecuária intensificaram as ações junto ao governo federal e conseguiram a garantia dos 42% de alíquota sobre as importações do produto. De acordo com Neri Geller (PP/MT), a medida irá manter a competitividade do leite brasileiro no mercado nacional.

Deputado Federal Neri Geller (PP/MT)

“Se não conseguimos através do antidumping, vamos agir por meio da barreira tarifária para não permitir que o leite da União Europeia entre no Brasil e venha a competir com os nossos produtores em situação de desigualdade comercial”, disse o federal.

De acordo com Geller, até a próxima quinta (14), deve sair uma resolução da Camex (Secretaria Executiva da Câmara de Comércio Exterior) para regulamentar a situação. “Desde a semana passada estamos acompanhando essa pauta, num trabalho conjunto de todos os parlamentares, e hoje tivemos a essa garantia da ministra da Agricultura, Tereza Cristina”, comemorou Neri.

Produção leiteira

É um dos setores do agronegócio com maior papel social já que a produção está concentrada em pequenas propriedades rurais, com área de até 50 hectares que, são responsáveis por 51% do leite líquido comercializado no campo. Ao todo, cerca de 1,2 milhão de estabelecimentos rurais são dedicados à produção de leite no País. 

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento