Conectado por

Ji-Paraná

Governo exonera servidor que faltou a reunião política

Publicado por

em

O servidor público estadual Antônio de Assis Soares Furtado, que ocupava a chefia da regional da Emater, Território Central com sede no município de Ji-Paraná, foi exonerado do cargo por ordem do governador Marcos Rocha (sem partido), que atendeu um pedido do presidente da entidade, Luciano Brandão.

Continua após a publicidade

Segundo informações apuradas pelo jornal, a exoneração do servidor De Assis, como é conhecido, e tem 30 anos de serviços prestados a Emater, foi um pedido do presidente Luciano Brandão, indicado para o cargo pelo deputado estadual Eurípedes Lebrão.

O motivo para a exoneração do servidor De Assis foi porque ele não participou de uma reunião política na noite da última quinta-feira (22) na cidade de Ji-Paraná com a presença do governador Marcos Rocha. A reunião teve como foco o pedido do Governo para que todos os servidores que ocupem cargos de confiança dos municípios de Ji-Paraná, Ouro Preto, Nova União, Mirante da Serra, Jaru, Vale do Paraíso, Teixeirópolis, Urupá, Presidente Médici, Vale do Anari, Governador Jorge Teixeira, Theobroma e os Distritos: Estrela de Rondônia, Rondominas, Tarilândia, Colina Verde,

Nova Colina, Nova Londrina e Novo Riachuelo, apoiem e peçam votos para os candidatos a prefeito governistas e aqueles que não seguirem a cartilha do coronel governador serão exonerados sumariamente.

O presidente da Emater, Luciano Brandão sempre alimentava o desejo de exonerar o servidor De Assis do cargo de regional, ligado politicamente ao deputado estadual Laerte Gomes. Para o lugar do servidor De Assis, o indicado é o também servidor de carreira da Emater, João Vilmar Rabel, que estava como chefe do Centrer. A indicação é do candidato a prefeito de Ouro Preto do Oeste pelo Patriota, empresário Marcos Antônio Marques.

Fonte: Rondoniagora