Conectado por

Política

Governo estuda antecipar três anos de saque do FGTS para crédito


Compartilhe:

Publicado por

em

O governo federal estuda a possibilidade de antecipar o saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para o trabalhador em até três anos, desde que usado apenas em operações de crédito.

A informação foi revelada pelo jornal O Globo e confirmada pelo Metrópoles com o Ministério da Economia.

Se a medida for aprovada, o montante do FGTS poderá ser retirado como garantia de empréstimo ou sacado em espécie, da mesma forma que ocorre com a antecipação do Imposto de Renda.

Assim, o trabalhador que optar pelo saque-aniversário vai ter outras duas opções de retirada além da atual, que depende da data de aniversário do cotista.

Em nota enviada ao Metrópoles, o Ministério da Economia informou que essa e outras medidas estão em discussão e serão submetidas à aprovação do Conselho Curador do FGTS.

“A MP 889 trouxe em seu texto a possibilidade de alienação ou cessão fiduciária do direito do saque-aniversário dos titulares de contas do FGTS à qualquer instituição financeira, estando sua regulamentação ainda em estudo pelo Conselho Curador”, explicou a pasta.

Essa regulamentação está prevista para apreciação do Conselho na próxima reunião ordinária, marcada para o dia 31 de março.

FONTE: METROPOLES