Conectado por

Aripuanã

Governo autoriza construção de mina de zinco, cobre e chumbo em MT com investimento de R$ 1,5 bilhão

Publicado por

em

O governador Pedro Taques (PSDB) autorizou nessa quinta-feira (20) a instalação de uma mina que vai produzir concentrados de zinco, cobre e chumbo em Aripuanã, a 976 km de Cuiabá. A expectativa é que as operações tenham início em 2021.

Continua após a publicidade

A mineradora Nexa Resources deve investir US$ 392 milhões, cerca de R$ 1,5 bilhão, para garantir a construção da mina e gerar 1,6 mil empregos diretos.

A licença de instalação autoriza as obras de terraplanagem e construção civil, montagem metalomecânica, abertura da mina subterrânea, pilha de material estéril, depósito de rejeitos e adutora de captação de água. A produção média anual está prevista em 66,7 mil toneladas de zinco, 23 mil toneladas de chumbo e 3,7 mil toneladas de cobre.

Conforme a empresa, o Projeto Aripuanã contribui para o desenvolvimento da indústria mineral no Mato Grosso.

Na fase de construção serão 1,6 mil empregos e, na operação, 750 vagas. Em janeiro inicia o 1º Ciclo de Desenvolvimento Profissional, em Aripuanã, a primeira de um conjunto de iniciativas da empresa para capacitar mão de obra.

Zinco, cobre e chumbo, principais produtos do Projeto Aripuanã, têm vários usos na economia e no cotidiano das pessoas. São empregados nas indústrias automobilística, farmacêutica, eletroeletrônicos e na agricultura. Na lavoura, o zinco é um dos micronutrientes essenciais para o desenvolvimento das plantas.

Também é utilizado na produção de pneus, aços, fertilizantes, cosméticos e pilhas. Já o cobre se faz presente através do ar-condicionado, fios elétricos e celulares. O chumbo é utilizado na fabricação de bateria, tintas e esmaltes. Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), a falta de zinco na alimentação afeta o sistema imunológico, responsável pelas defesas do corpo humano.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *