Conectado por

Mato Grosso

Governador de MT cobra pagamento de créditos de carbono em Fórum da Amazônia Legal no MA

Publicado por

em

O governador Mauro Mendes (DEM) participa nesta quinta-feira (28) do Fórum dos Governadores da Amazônia Legal em São Luiz, no Maranhão.

São discutidas as questões de logística, desenvolvimento nas cadeias produtivas, principalmente as ligadas à agricultura familiar, e o combate ao desmatamento ilegal para cuidar da Floresta Amazônica.

“Defendi no Fórum dos Governadores da Amazônia Legal, que na COP-25, que será realizada em Madri, na Espanha, no próximo mês, temos que cobrar os nossos créditos de carbono, oriundos das reduções de desmatamento dos últimos anos. Precisamos sair da defensiva e mostrar os nossos números e, com isso, cobrar que os acordos internacionais sejam cumpridos pelos país. Somente Mato Grosso tem mais de R$ 1 bilhão em crédito de carbono, verificado e creditado nas Resoluções de n° 6 e 14, do Conaredd. Isso tem custo, manter a floresta em pé, e precisamos receber por isso”, disse o governador de MT.

O mercado de crédito de carbono funciona a partir de acordos entre empresas e governos de países em desenvolvimento. Em vez de tomar medidas para efetivamente diminuir as emissões de carbono, empresas podem compensar o que têm emitido comprando créditos — fazendo um pagamento — dos países que reduziram emissões.

O governo federal, reunindo regiões de idênticos problemas econômicos, políticos e sociais, com o intuito de melhor planejar o desenvolvimento social e econômico da região amazônica, instituiu o conceito de “Amazônia Legal”.

A Amazônia Legal engloba os estados do país onde há a presença da floresta. Fazem parte do grupo Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins e parte do estado do Maranhão.

O evento, que começou na quarta-feira (27), está sendo realizado no Palácio dos Leões, sede do governo do MA.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *