Conectado por

Mato Grosso

“Ficaram sequelas e tenho que me tratar”, diz Botelho sobre Covid

Publicado por

em

Curado da infecção do novo coronavírus, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou que ainda realiza tratamento para as sequelas que ficaram da doença.

Continua após a publicidade

Botelho permaneceu internado por 15 dias no Hospital Sírio-Libanes, em São Paulo. Ele ficou em uma Unidade de Terapia Semi-Intensiva para se tratar de lesões nos pulmões provocadas pelo novo vírus.

Segundo o presidente, 70% de seu pulmão chegou a ser afetado pela doença.

“Ainda estou me recuperando das sequelas. Eu não tenho mais a Covid-19, mas ficam sequelas e tenho que ir tratando. Meu pulmão chegou a ser afetado em 70%. Mas já é episódio superado”, afirmou o presidente.

Devido à internação e às complicações da doença, Botelho relatou que chegou a perder 10 quilos no período em que esteve internado.

“Já recuperei uns dois quilos só nesta semana que estou aqui. Dá uma baqueada, mesmo”, disse. O democrata, que foi internado no dia 13 de julho, voltou a Cuiabá no dia 28.

“Subestimei a doença”

Já internado no Hospital Sírio-Libanes, o presidente participou rapidamente da transmissão da sessão do dia 14 de julho para falar da doença. Ofegante e tossindo muito, Botelho admitiu ter “subestimado a doença”.

“Eu cometi alguns erros, subestimei a doença. Eu fiz um exame de Covid no dia 26 de junho, e quando foi na terça-feira seguinte comecei a ter sintoma de sinusite. Entendi que era um sintoma normal para esse período seco, eu todos os anos tenho problema de sinusite, então achei que fosse”, contou o presidente.

MidiaNews