Conectado por

Entretenimento

F1 revela calendário da temporada 2022 com recorde de 23 corridas


Compartilhe: Entre no nosso grupo do Whatsapp

Publicado por

em

A F1 revelou nesta sexta-feira as datas de todas as 23 corridas da temporada 2022, que será a maior da história da categoria. O campeonato começa dia 20 de março, no Barein, e se encerra em 20 de novembro, em Abu Dhabi. O GP realizado no Brasil será o penúltimo do ano, marcado para o dia 13 de novembro.

– Estamos entusiasmados em anunciar o calendário de 2022 enquanto nos preparamos para entrar em uma nova era para o esporte, com um novo regulamento e carros projetados para criar corridas mais disputadas. Esta temporada tem sido incrível até agora com grandes batalhas na pista, grande audiência e fãs voltando às corridas após o impacto do pandemia. Estamos ansiosos para receber mais fãs na próxima temporada e esperamos que 2022 pareça mais normal na vida de todos do que o que nos últimos dois anos – afirma o CEO da categoria, Stefano Domenicali.

Confira abaixo a data de todas as corridas de 2022.

A estreia da etapa de Miami será realizada no dia 8 de maio, válida pela 5ª etapa do campeonato. A China é a principal ausência do calendário. A etapa de Xangai, que não é realizada desde 2019 e que deu lugar a prova da Emilia-Romagna (Imola) em 2021, segue fora da F1. O circuito italiano, por sua vez, fará parte da temporada pelo terceiro ano seguido.

Outras etapas que foram canceladas neste ano por causa da pandemia retornam ao calendário de 2022. São elas: Austrália, Singapura e Japão. A F1 deve divulgar em breve as datas da pré-temporada, mas a previsão é de que sejam oito dias de testes, sendo quatro em Barcelona, no fim de fevereiro, e quatro no Barein, no meio de março, pouco antes do início do campeonato.

Corridas classificatórias representarão 1/3 do calendário

Domenicali já havia confirmado que não apenas quer manter as corridas classificatórias em 2022 (o formato já foi usado em duas etapas neste ano e deve ser usado em mais uma), mas que também quer adotá-lo em pelo menos um terço da temporada, o que significa sete ou oito corridas.

– Dissemos no início do ano que haveria três testes este ano para garantir que tínhamos o plano certo para o futuro. A grande maioria dos comentários que recebemos foram super positivos. Os promotores estão super felizes porque há algo novo e importante na sexta-feira e sábado e domingo. Estamos recebendo esse feedback positivo, portanto precisamos saber que no próximo ano temos um ótimo plano onde consideraremos também os pontos destacados por pessoas que não gostaram desse formato. De um modo geral, tem sido um sucesso incrível. E é algo que queremos manter por pelo menos um terço das corridas – revela.

 

Stefano Domenicali, presidente da Fórmula 1 — Foto:  Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images

Stefano Domenicali, presidente da Fórmula 1 — Foto: Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images

Ge.globo.com

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!
Publicidade
Casas De Apostas Online

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento