Conectado por

Agronegócios

Exportação dos Cafés do Brasil diferenciados cresce 11,6% no ano-safra 2017-2018 em relação ao período anterior


Compartilhe:

Publicado por

em

As exportações dos Cafés do Brasil diferenciados geraram US$ 1,04 bilhão de receita cambial, com um volume equivalente a 5,43 milhões de sacas vendidas no período de julho de 2017 a junho de 2018. Esse volume foi 11,6% superior ao exportado nos 12 meses anteriores, que foi de 4,87 milhões de sacas de 60kg. Neste ano de 2018, de janeiro a junho, foram exportadas 2,47 milhões de sacas desse tipo de café, volume que representa crescimento de 13,7% em relação ao primeiro semestre de 2017, quando foram exportadas 2,17 milhões de sacas. Cafés diferenciados são considerados os que têm qualidade superior ou algum tipo de certificado de práticas sustentáveis.

No ano-safra 2017-2018, o qual compreende o período de julho de 2017 a junho de 2018, os Cafés do Brasil diferenciados exportados obtiveram preço médio de US$ 191,77 para cada saca de 60kg, valor 27,9% superior ao preço médio dos cafés ‘naturais/médios’, que foi de US$ 149,99. Estes dados e análises, entre vários outros da performance do mercado internacional do café, de interesse do setor como um todo, constam do Relatório mensal junho 2018do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil – Cecafé.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *