Conectado por

Religião

Eu não vou perder a minha fé – Por Pra Elza Amorim Carvalho


Compartilhe:

Publicado por

em

Bom é ter esperança, e aguardar em silêncio a salvação do Senhor.

Ainda que terríveis ventos soprem contra mim, eu preciso continuar a crê. 
Mesmo que tempestades destruam os meus sonhos,  eu vou continuar a sonhar.
Ainda que sol escaldante venha sobre mim, eu não vou parar. 
Se tudo é possível ao que crê,  eu vou continuar acreditando,  mesmo que tudo a minha volta diga ao contrário. 

Nada, e nem ninguém, vai tirar de mim a certeza de que eu irei vencer.
Nenhuma força das trevas vai minar a minha confiança em Deus,  se Ele me diz que eu vou vencer, então,  eu vencerei.

Não posso permitir que as lembranças ruins se instalem dentro de mim,  preciso permitir que Deus faça as mudanças necessárias em meu ser. 
O estrago causado pelo inimigo em minha vida, não será o meu divisor de águas,  o que irá marcar a minha história é o que Deus estar para fazer em mim. 
Preciso remexer no baú do meu peito, e, dá de cara com o que me fez sofrer; preciso tirar de dentro de mim o obsoleto,  aquilo que só me faz lembrar as coisas ruins. 
Preciso reviver, renascer, usufruir o que Deus tem para mim.
As lembranças do passado, não irão me arremessar na dor, eu vou me superar, vou arrancar forças no impossível, mas eu vou restabelecer àquilo que proporciona alegria em meu viver.

Então, vou mudar o meu pensar, vou deletar as coisas que me fizeram chorar, amarguras não mais acharão lugar em mim, pois hoje, eu trouxe a minha memória o que me deu esperanças.

Me fiz lembrar das causas grandiosas que meu Deus já me proporcionou.
Sei que, o que virá, será algo tão grande que por mais tempo que eu tenha, não vou conseguir contar.

O que Deus reservou para mim, está além do que eu sonhei, vai além dos meus planos, ultrapassam o meu saber. 

Grandioso é Deus que nunca se esquece dos seus,  e quando tudo parece estar perdido,  Deus revoga,  Deus refaz, Deus recria, Deus ressuscita.

As aflições que eu já passei não irá se comparar com a alegria que sentirei.
As lágrimas que já derramei, não vai se aproximar dos sorrisos que darei.
A tristeza que eu já sentir não se comparar com o que estar por vir.

Decepção, sua sentença foi anulada. 
Frustração, seus projetos foram retidos por Deus. 
Traição,  sua ordem de morte foi cancelada. 
Solidão,  até a estéril passou a habitar entre os seus filhos.
Acabou o medo, cessou o pranto, findou-se as injustiças.
O opróbrio não mais existirá. 

Quem sorriu as minhas custas,  muito irá chorar.

Quem zombou dizendo que Deus de mim se esqueceu, como se enganou, meu Deus nunca me abandonou.
Opressão bay, até nunca mais,  a liberdade de Deus, sobre mim chegou.

Valeu o vale da desilusão,  ele me deu forças para lutar.
Valeu o cativeiro, ele me ensinou a esperar em Deus.
Valeu a perseguição, ela me ajudou a segurar em Deus.
Valeu as calunias e difamação, pois meu Deus me engrandeceu.
Humilhação, você foi importante,  porque enquanto me pisavam, mas na minha vida Deus se revelava.

Tudo o que eu passei, muito me custou,  muito me doeu. Mas, eu aprendi que, em tudo, estava o trabalhar de Deus.

Quem quis me envergonhar,  envergonhado ficou, porque Deus me protegeu.

Bom é combater o bom combate da fé,  obedecer ao que Deus quiser, e nunca retroceder. 
Bom é não deixar apagar a chama da fé no coração, ter a certeza que Deus virá com justiça em nosso favor. 
Bom é; nunca perder a confiança em Deus.
Porque os seus planos para a nossa vida, jamais são frustrados.

Pra Elza Amorim Carvalho. 
[email protected]

# Repasse esta mensagem, # alguém precisa lê-la.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento