Conectado por

Ariquemes

Estudantes usam estilingues para reflorestar áreas degradadas em Ariquemes, RO


Compartilhe:

Publicado por

em

Cerca de 80 estudantes de duas escolas municipais de Ariquemes (RO), no Vale do Jamari, reuniram a diversão com a preservação do meio ambiente na manhã desta sexta-feira (21), quando é comemorado o dia da árvore. Eles participaram do projeto ‘Estilingada Ecológica’ e com o uso de estilingues arremessaram mais de cinco mil sementes de árvores nativas em áreas degradadas.

Logo no início da manhã, os alunos das escolas Mário Quintana e Dirceu de Almeida receberam uma palestra no Parque Botânico do município sobre a importância das árvores com os benefícios para a saúde humana.

Estudantes usam estilingues para reflorestar áreas degradadas em Ariquemes — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Estudantes usam estilingues para reflorestar áreas degradadas em Ariquemes — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Em seguida, os alunos e os técnicos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) se deslocaram até uma Área de Preservação Permanente (APP), que fica as margens do igarapé Traíra, localizada no Bairro Jardim Eldorado.

“O principal fator para a degradação da natureza no ambiente urbano é o homem, essa área estava sendo usada para descarte de lixo e iremos recuperá-la com a função ecológica dela, que é de mata ciliar. Com as primeiras chuvas, as espécies pioneiras vão naturalmente colonizar o meio ambiente”, disse o engenheiro florestal, Bruno César Kain.

Sementes de várias espécies nativas estavam cobertas por massa de argila — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Sementes de várias espécies nativas estavam cobertas por massa de argila — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

E em clima de diversão, as crianças e os adolescentes usaram o estilingue para arremessar as sementes de Ipê Rosa, Ipê Amarelo, Freijó, Açaí, Jatobá e outras espécies nativas da região. As sementes estavam dentro de uma pequena bola feita com massa de argila.

“Achei muito legal e gostei muito da iniciativa, pois ajuda bastante o meio ambiente e com as árvores crescendo, ajudará a manter os rios limpos e melhora o ar que respiramos. É muito ruim quando as pessoas desmatam a natureza, pois tiram as casas de vários animais”, disse a estudante Mel Sophia, de 11 anos.

Mel Sophia, de 11 anos, gostou da iniciativa em poder contribuir com a melhora do meio ambiente — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Mel Sophia, de 11 anos, gostou da iniciativa em poder contribuir com a melhora do meio ambiente — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

De acordo com a prefeitura, a ‘Estilingada Ecológica’ esta foi a primeira ação envolvendo o replantio com a ajuda de estilingues na região norte do país. Além da diversão e conscientização das crianças e jovens, um dos objetivos é a recuperação das áreas degradadas dentro do município.

“Em homenagem ao dia da árvore, resolvemos fazer essa intervenção humana no que os passarinhos fazem com a distribuição das sementes na natureza. Importante envolver as crianças, para que desde cedo, elas tenham essa educação ambiental”, disse o prefeito Thiago Flores.

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento