Conectado por

Saúde

Estresse exala suor com cheiro ruim e revela emoções


Compartilhe:

Publicado por

em

Não é somente a linguagem corporal que retrata o estado emocional de alguém. Uma pesquisa realizada pelo Monell Chemical Senes Center, na cidade de Filadélfia, nos Estados Unidos — instituição que realiza estudos para empresas, como as de desodorante, revelou que o cheiro do suor exalado por uma mulher estressada pode influir no modo como ela é percebida por outras pessoas.

A pesquisa ainda mostra que este odor impacta em julgamentos sociais de confiança, credibilidade e competência.

A autora do estudo, Pamela Dalton, está realizando uma pesquisa aprofundada sobre a capacidade do corpo humano de se comunicar por meio do odor. A pesquisa ainda mostra que o cheiro afeta o estado mental e o comportamento do receptor, ainda que ele não saiba qual o estado emocional da pessoa que está próxima.

Tipos de suor

Existem três tipos de suor: por esforço físico, calor do ambiente e estresse. Os dois primeiros são originados pela secreção das glândulas sudoríparas écrinas. Já no tipo por estresse, ocorre a secreção das glândulas sudoríparas écrinas e apócrinas, que misturadas com as bactérias da pele, causam um cheiro mais desagradável ainda.

É nesse último tipo de transpiração que Pamela Dalton trabalha a muito tempo. Ela e os outros pesquisadores pretendem criar um desodorante que elimina o suor do estresse.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *