Conectado por

Religião

Estratégias para vencer o desânimo


Compartilhe:

Publicado por

em

Às vezes ele começa de mansinho, como um abatimento sorrateiro e uma falta de energia que nos atrapalha e incomoda. Outras, ele vem como uma avalanche, jogando-nos ao chão, tirando de nós toda força e disposição para realizar as tarefas mais elementares do dia a dia. Se hoje você está passando por um período de desânimo em sua jornada, não se desespere. Acredite que há saída sim e que Deus conhece o seu caso e pode ajudá-lo. Ele sabe como acabar com esse mal. Por isso, ore confiantemente, pedindo ao Pai Celestial novo vigor para executar as atividades diárias. Dê também os seguintes passos:

Identifique a causa do desânimo: busque entender a razão de você estar assim. É por causa de uma dificuldade no trabalho? É em consequência de uma desilusão? É por medo de um grande desafio? É por problemas de saúde? Pense a respeito e identifique a raiz de seu esmorecimento. Isso ajudará você a estabelecer estratégias para solucionar o problema de forma efetiva. Além disso, poderá fazer com que perceba que o problema não é tão grande assim e que, com atitudes corretas, ele pode ser vencido.

Converse com alguém: isolar-se não lhe fará bem, pois quanto mais afastado e solitário, sua tendência será ficar ainda mais deprimido. Levante-se da cama, tome um bom banho, vá até a casa de um amigo ou parente, à igreja ou ao shopping, e passe boas horas na companhia de quem você gosta. Encontre uma pessoa de confiança, pode ser seu cônjuge, filho ou um amigo, e desabafe. Isso ajudará a aliviar as suas emoções, tornando a carga mais leve. Pode ser que a outra pessoa, vendo de fora, tenha a palavra certa e a solução ideal para a sua situação.    

Alimente-se com conteúdo inspirador: ficar ligado em más notícias e em entretenimentos vazios não o ajudarão a vencer o desânimo. Aliás, muitas pessoas estão desanimadas porque se deixam abater pela enxurrada de tragédias que lotam as manchetes dos jornais ou porque vivem se comparando com os outros nas redes sociais. Faça o contrário! Leia um bom livro, ouça boa música — e, se possível, dance! —, escute bons sermões, edifique-se com a Palavra de Deus. Invista seu tempo naquilo que pode inspirá-lo e enchê-lo de motivação.

Saia da inércia: Rompa com tudo aquilo que prende você ao estado de abatimento, mude a sua rotina, faça algo novo! Talvez este seja o momento propício para iniciar um novo projeto, um curso que você sempre sonhou, uma nova e estimulante atividade de que gosta. Avalie seu cronograma atentamente e estude o que pode ser mudado, a fim de acrescentar novidade e dar novo sabor ao seu cotidiano.

Se necessário, busque ajuda médica especializada: Desânimo prolongado pode ser sinal de que você precisa do apoio de um profissional para lidar com isso. Se perceber que não está conseguindo vencer a situação sozinho, não tenha receio de buscar ajuda.

Lembre-se: o desânimo não é o ponto-final. Você pode superar essa fase! Em todos os momentos, conte com a poderosa mão de Deus para auxiliá-lo. Dê os passos que indicamos acima e continue prosseguindo com fé, coragem e determinação. Seja forte. Não entregue os pontos. O melhor ainda está por vir! 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

ALE-RO

ÓTICA DINIZ



Desenvolvimento