Conectado por

Porto Velho

ESPERANÇA: Iniciada a vacinação de idosos a partir de 70 anos em Porto Velho


Compartilhe:

Publicado por

em

Agendamento esgotou em 30 minutos para todas as doses disponibilizadas

A Prefeitura de Porto Velho iniciou na quinta-feira (25), a vacinação contra a Covid-19 em idosos a partir de 70 anos, no campus II da Faculdade São Lucas. O clima entre era de muita esperança, comemoração e a certeza de que, imunizados, vencerão a doença.

O agendamento da vacina para esse público foi disponibilizado na manhã de quarta-feira (24). A procura foi tanta que, de acordo com a secretaria Municipal de Saúde (Semusa), em apenas 30 minutos as 1.383 vagas disponibilizadas foram preenchidas.

Conforme a enfermeira Marina Martelê, da Divisão de Imunização da Semusa, uma das coordenadoras da aplicação do imunizante, a expectativa é que até o final de semana novos agendamentos sejam disponibilizados para idosos a partir de 70 anos.

Os atendimentos acontecem de forma rápida e organizada, obedecendo todos os protocolos de higiene e distanciamento social.Enquanto umas equipes imunizavam as pessoas no saguão do prédio, outras atendiam, pelo sistema “drive-thru”, no estacionamento, os idosos impossibilitados de caminhar.

Segundo Marina Martelê, a média é de 950 a 1000 doses de imunizante aplicadas por dia. Ela recomenda atenção para agendamento de novas doses. O procedimento é feito de forma “on-line” por meio do endereço eletrônico https://imuniza.portovelho.ro.gov.br/agendamentovacina

ESPERANÇA

Dona Maria Valentina dos Santos, 71 anos, era só alegria após tomar a vacina. “Não dá nem para falar dessa experiência. É muita alegria, é muita esperança e emoção. Eu estava com muito medo dessa doença. Para mim valeu muito a pena, como vai valer para todos. Me sinto mais esperançosa, em nome de Jesus e que Deus abençoe a todos”, disse.

Madzon Muniz, 72 anos, contou que estava com muita expectativa de receber a vacina e espera daqui a 20 dias tomar a segunda dose. Ele pede que os idosos façam todo esforço possível para serem imunizados.

“A vacina é imprescindível. O que vamos fazer sem ela? Não há saída. Estou feliz da vida”, comentou em tom de comemoração.Para Mariano Barbosa de Lima, 73 anos, “o imunizante representa uma vitória e uma grande benção de Deus. Eu espero que daqui para a frente a vida melhore 100%. Já estava na expectativa, estava esperando pela vacina, e graças a Deus com fé e esperança deu tudo certo”.

Outra que ficou muito contente por ter sido imunizada foi Josefa Eugênia de Souza, 74 anos. Ela disse que se cuida, usa máscara, álcool em gel, não sai de casa e por isso estava tranquila, mas sempre na expectativa de ser logo vacinada.

“Minha filha agendou e eu vim tranquila. A gente tem que se cuidar e fazer a nossa parte. Estou muito feliz. Já estava e agora estou muito mais”, disse com um largo sorriso.

Texto: Augusto Soares
Fotos: Carlos Sabino

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)