Conectado por

Uncategorized

Especialista dá dicas de cuidados com a saúde na hora de torcer durante partidas decisivas de futebol


Compartilhe:

Publicado por

em

Fatores como o nervosismo, estresse e ansiedade podem ser gatilhos para problemas cardíacos

Rio de Janeiro (RJ), novembro de 2019 – Basta o time do coração entrar em campo e os torcedores mais fervorosos ficam na espera pela vitória. No entanto, o que é para ser um momento de alegria e vibração pode se transformar em um problema de saúde. Estudos indicam que partidas importantes, a exemplo de grandes competições, podem representar a ameaça de gatilho para que um infarto ocorra. Caso da pesquisa realizada pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP), que apontou que os índices de ataques cardíacos, entre pacientes maiores de 35 anos, saltaram de 4% a 8% em todo o país nos jogos da Copa do Mundo.

Pedro Paulo Nogueres, cardiologista do Hospital Samaritano de Botafogo, localizado na Zona Sul do Rio de Janeiro, explica que ter atenção com a saúde é importante, principalmente, nesses momentos de fortes emoções. “Se você já tem um problema cardíaco lembre-se de evitar excessos e manter as medicações de uso regular. Diversos estudos apontam que o estresse pode afetar o coração. Isso se aplica, inclusive, a pessoas sem doença cardíaca previamente conhecida. Além do infarto agudo do miocárdio, situações estressantes podem desencadear outras doenças”, alerta.

Abaixo, o médico dá algumas recomendações para acompanhar seu time do coração com a saúde em dia. Confira:

  • Mantenha a calma na hora do jogo, mesmo que essa atitude pareça impossível. Evite entrar em discussões e mantenha um ambiente de torcida saudável;
  • Evite excessos como o uso em demasia da cafeína, bebidas alcoólicas e alimentos ricos em gorduras;
  • Se já possui um problema cardíaco, que exige uso controlado de medicamentos, é rigorosamente recomendado fazer o uso de modo correto e nos horários prescritos pelo seu médico;
  • Caso apresente sintomas como desconforto no peito, desmaios, dificuldades para respirar ou palpitações procure atendimento médico imediatamente.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *